sexta-feira, 6 de julho de 2018

PANQUECA FUNCIONAL VEGANA SEM GLÚTEN E SEM LACTOSE


Massa da panqueca:

1/2 litro de água
1 xícara grande de farinha de trigo sem glúten
1 xícara grande de aveia
1/2 xícara de chia
sal a gosto
temperos a gosto
1 colher de sopa de azeite.

Modo de preparo: bater tudo no liquidificador.  E deixar descansar por 15 minutos para a chia hidratar. Depois colocar um pouco de azeite em uma frigideira de panqueca ou panquequeira e fazer cada panqueca.

Recheio: 

1 batata picada cozida
1 cenoura picada cozida
1 inhame picado cozido
1 xícara de grão de bico cozido
1 colher de azeite
1 colher de café de gengibre ralado 
sal a gosto
temperos a gosto

Modo de preparo:  misture todos os ingredientes de modo que fique consistente e sem líquido.

Finalização: Recheie cada panqueca e enrole, colocando em uma forma, depois coloque um pouco de molho de tomate caseiro por cima e queijo vegano ralado (nesta receita foi usado o queijo vegano de castanha). Leve ao forno por 15 minutos e está pronto para servir. Rende em torno de 7 panquecas grandes.

Obs: O molho caseiro de tomate é muito simples de fazer, basta colocar tomates para cozinhar, depois que estiver cozido, retire a pele e bata os tomates com água, temperos, sal e azeite. Cozinhe o molho e depois basta dividir em potes e guardar no congelador. A quantidade de tomates e água depende da quantidade de molho que você quer fazer. A proporção é mais ou menos 5 tomates para 1 litro de água.

segunda-feira, 2 de julho de 2018

PASTA DE SHITAKE

Conheci essa receita recentemente e é ótima para comer com uma torrada ou snack. Até puro é gostoso, saudável e sacia a fome.





2 xícaras de shitakes secos em fatias, já hidratados (para hidratar, cubra o shitake com água filtrada e deixe hidratar por cerca de 6 horas)

1 batata grande cozida e picada

1 xícara de água (vá dosando aos poucos na hora de bater até dar a consistência de pasta ou patê)

temperos a gosto

sal a gosto

Modo de preparo: coloque tudo na mesma panela para refogar e dar um cozimento final. depois bata tudo no liquidificador ou processador e guarde na geladeira para usar quando quiser.

sábado, 23 de junho de 2018

TEDTalks: Jamie Oliver - Ensinar alimentação a todas as crianças


Regulação do uso de aditivos alimentares

Regulação do uso de aditivos alimentares

Por Dr. Frederico Lobo
Fonte: http://www.ecologiamedica.net/2011/12/aditivos-alimentares-e-seus-maleficios.html

A segurança no uso de corantes alimentares é testada em diversos órgãos ao redor do mundo e às vezes diferentes órgãos possuem diferentes pontos de vista sobre a segurança destes produtos. Nos Estados Unidos, são emitidos pela FFDCA (Federal Food, Drug, and Cosmetic Act) números aos corantes alimentares sintéticos aprovados e que não existem naturalmente. Já na União Européia, a letra E (seguida de um número ), é utilizado para todos os aditivos aprovados para aplicação em alimentos. Nesse sistema de classificação, os corantes compreendem a faixa E100 até E199.

Quase todos os outros países têm suas próprias regulamentações e listas de corantes alimentares que podem ser empregados, incluindo quais os limites máximos diários de ingestão de cada substância.

No Brasil os corantes permitidos são:

1) Tartrazina - E102 ou C.I. 19140
É corante amarelo-alaranjado de bebidas, pudins, molhos e doces em geral. Pode provocar: reações alérgicas como asma, bronquite, rinite, náusea, broncoespasmo, urticária, eczema, dor de cabeça, eosinofilia e inibição da agregação plaquetária à semelhança dos salicilatos. Insônia em crianças associada à falta de concentração e impulsividade. Reação alérgica cruzada com salicilatos (ácido acetilsalicílico), hipercinesia em pacientes hiperativos. Pode provocar hiperatividade em crianças quando associado ao benzoato de sódio. No Brasil, nos EUA e na Inglaterra seu uso deve ser indicado nos rótulos.

2) Verde Rápido - E142

3) Amarelo Crepúsculo - E110, Amarelo 6 ou C.I. 15985.
Pode provocar reações anafilactóides, angioedema, choque anafilático, vasculite e púrpura. Reação cruzada com paracetamol, ácido acetilsalicílico, benzoato de sódio (conservante) e outros corantes azóicos como a tartrazina. Pode provocar hiperatividade em crianças quando associado ao benzoato de sódio. Banido na Áustria, Finlândia e Noruega. Devido a questão do possível efeito de desencadeamento de hiperatividade em crianças, o Reino Unido está estudando baní-lo, além dos seguintes: tartrazina (E102), ponceau 4R (E124), azorrubina (E122), vermelho 40 (E129) e o amarelo quinolina (E104).

4) Azul Patente V - E131
Corante azul-violeta usado em confeitaria: produz hiperatividade infantil, crises de asma, reações alérgicas similares à aspirina e outras intolerâncias.

5) Amaranto - E123, Vermelho 2, Vermelho Ácido 27 ou C.I. 16185
Foi banido nos EUA em 76 por suspeitas de ser carcinogênico, mas ainda é utilizado em nosso país.

6) Azorrubina - E122
Corante púrpura-avermelhado usado em bebidas de framboesa e confeitaria: produz as mesmas reações da tartrazina.

7) Ponceau 4R - C.I. 16255 ou Vermelho Cochineal A, C.I. Vermelho Ácido 18, Escarlate Brilhante 4R ou E124.
Corante vermelho usado em produtos à base de morango, balas, pudins e bolos. Está relacionado à anemia e doenças renais, associado à falta de concentração e impulsividade e pode provocar hiperatividade em crianças quando associado ao benzoato de sódio. Banido nos EUA e na Finlândia.

8) Vermelho 40 - Conhecido também como Vermelho Allura, Vermelho Alimentício 17, C.I. 16035 ou E129.
Pode provocar hiperatividade em crianças quando associado ao benzoato de sódio. Banido na Alemanha, Áustria, França, Bélgica, Dinamarca, Suécia e Suíça.

9) Eritrosina - E127, conhecida também pelo nome de Vermelho número 3.
É um corante de cor vermelho-cereja. Suspeito de causar câncer de tireóide em ratos. Banido nos EUA e na Noruega.

10) Azul Indignotina - Também conhecido por Azul número 2 ou E132.
É o mesmo corante conhecido por Indigo Blue (o mesmo do Sr. Baeyer, aquela das calças jeans).

11) Azul Brilhante - Também conhecido pelo nome de Azul número 1, Azul Ácido 9 ou E133.
Ele pode ser combinado com a tartrazina a fim de produzir uma gama variada de verdes, já que a maioria dos corantes verdes artificiais é tóxica para consumo humano. Pode provocar: Irritações cutâneas e constrição brônquica, quando associado a outros corantes. Banido na Alemanha, Áustria, França, Bélgica, Noruega, Suécia e Suíça.

Corantes alimentares naturais

O corante caramelo (E150) é encontrado nos produtos à base de extrato de noz-de-cola. É produto da caramelização do açúcar.
O colorau é um pó laranja-avermelhado extraído da semente do urucuzeiro, uma árvore natural de países da América tropical, como o Brasil.
A chlorella é verde, e deriva das algas.
O carmim é um corante derivado da cochonilha, um inseto popularmente conhecido como pulgão.
O suco de beterraba, a cúrcuma, o açafrão e as plantas do gênero Capsicum são também utilizados como corantes.
O dióxido de titânio (E171), um pó que produz coloração branca nos alimentos, é encontrado naturalmente em minerais.

Problemas de saúde

A Noruega baniu todos os produtos contendo creosoto mineral e derivados em 1978. Uma nova legislação revogou esse banimento em 2001, depois de regulamentação da União Européia. Similarmente, muitos corantes aprovados pela FFDCA foram banidos da UE.

Guia do Consumidor

Os aditivos se dividem da seguinte maneira:

Códigos das CLASSES dos corantes (INS - Sistema internacional de Numeração)

Corantes naturais C.I (Corante de Urucum, Carmin de Cochonilha, Corante de Cúrcuma, Corante de Clorofila, Corante de Páprica, Corante de Beterraba, Corantes de Antocianina)
Corantes artificiais C.II
Corantes sintéticos idênticos aos naturais C.III
Corantes inorgânicos C.IV
Corantes caramelo C.IV

Código dos corantes de 100-199
100-109 – amarelos
110-119 – laranjas
120-129 – vermelhos
130-139 – azuis e violetas
140-149 – verdes
150-159 – castanhos e pretos
160-199 – outras

Código dos Conservantes de 200-299
200-209 – sorbatos
210-219 – benzoatos
220-229 – sulfitos
230-239 – fenóis e formatos (metanoatos)
240-259 – nitratos
260-269 – acetatos (etanoatos)
270-279 – lactatos
280-289 – propionatos (propanoatos)
290-299 – outros

Código de Antioxidantes e Reguladores de acidez de 300-399
300-309 – ascorbatos (vitamina C)
310-319 – galatos e eritorbatos
320-329 – lactatos
330-339 – citratos e tartaratos
340-349 – fosfatos
350-359 – malatos e adipatos
360-369 – succinatos e fumaratos
370-399 – outros

Código de Espessantes, estabilizadores gelificantes e emulsionantes de 400-499
400-409 – alginatos
410-419 – gomas naturais
420-429 – outros agentes naturais
430-439 – compostos de polioxietileno
440-449 – emulsionantes naturais
450-459 – fosfatos
460-469 – compostos de celulose
470-489 – compostos de ácidos gordoss e seus compostos
490-499 – outros

Código de Reguladores de pH e antiaglomerantes de 500-599
500-509 – ácidos e bases minerais
510-519 – cloretos e sulfatos
520-529 – sulfatos e hidróxidos
530-549 – compostos de metais alcalinos
550-559 – silicatos
570-579 – estearatos e gluconatos
580-599 – outros

Código de Intensificadores de sabor de 600-699
620-629 – glutamatos
630-639 – inosinatos
640-649 – outros

Código de vários outros aditivos de 900-999
900-909 – ceras
910-919 – agentes de revestimento e brilho sintéticos
920-929 – melhorantes
930-949 – gases de embalagem
950-969 – Edulcorantes
990-999 – Agentes de espuma

Químicos adicionais de 1100-1599.
São os produtos químicos recentes que não se encaixam no sistema de classificação existente

GUIA DE CÓDIGOS pelo SISTEMA E

Corantes
E100 Curcumina
E101 Riboflavina (OGM?)
E101a Riboflavina-5'-fosfato (OGM?)
E102 Tartrazina (PRA)
E104 Amarelo quinoleína (PRA)
E110 Amarelo sol FCF (PRA)
E120 Cochonilha, Ácido carmínico e carminas (PRA) (OA)
E122 Carmosina, Azorubina (PRA)
E123 Amaranto (PRA)
E124 Ponceau 4R, Vermelho cochonilha A (PRA)
E127 Eritrosina (PRA)
E128 Vermelho 2G (PRA)
E129 Vermelho AC (PRA)
E131 Azul patenteado V (PRA)
E132 Indigotina (PRA)
E133 Azul brilhante FCF (PRA)
E140 Clorofilas e clorofilinas
E141 Complexos cúpricos de clorofila
E142 Verde S (PRA)
E150a Caramelo
E150b Caramelo sulfítico cáustico (OGM?)
E150c Caramelo de amónia (OGM?)
E150d Caramelo sulfítico de amónia (OGM?)
E151 Negro PN, Negro brilhante (PRA)
E153 Carvão vegetal (OGM?) (OA ?)
E154 Castanho FK (PRA)
E155 Castanho HT (PRA)
E160a α-Caroteno, β-caroteno, γ-caroteno
E160b Anato, bixina, norbixina (PRA)
E160c Extracto de pimentão, capsantina e capsorubina
E160d Licopeno (OGM?)
E160e β-apo-8'-carotenal (C 30)
E160f Éster etílico de ácido β-apo-8'-caroténico (C 30)
E161b Luteína
E161g Cantaxantina (OA?)
E162 Vermelho de beterraba
E163 Antocianina
E170 Carbonato de cálcio, calcário
E171 Dióxido de titânio
E172 Óxidos e hidróxidos de ferro
E173 Alumínio
E174 Prata
E175 Ouro
E180 Litolrubina BK

Conservantes
E200 Ácido sórbico
E202 Sorbato de potássio
E203 Sorbato de cálcio
E210 Ácido benzóico (PRA)
E211 Benzoato de sódio (PRA)
E212 Benzoato de potássio (PRA)
E213 Benzoato de cálcio (PRA)
E214 p-hidroxibenzoato de etilo (PRA)
E215 Sal de sódio de p-hidroxibenzoato de etilo (PRA)
E216 p-hidroxibenzoato de propilo (PRA)
E217 Sal de sódio de p-hidroxibenzoato de propilo (PRA)
E218 p-hidroxibenzoato de metilo (PRA)
E219 Sal de sódio de p-hidroxibenzoato de metilo (PRA)
E220 Dióxido de enxofre (PRA)
E221 Sulfito de sódio (PRA)
E222 Bissulfito de sódio (PRA)
E223 Metabissulfito de sódio (PRA)
E224 Metabissulfito de potássio (PRA)
E226 Sulfito de cálcio (PRA)
E227 Bissulfito de cálcio (PRA)
E228 Bissulfito de potássio (PRA)
E230 Bifenilo, difenilo
E231 Ortofenilfenol
E232 Ortofenilfenato de sódio
E234 Nisina
E235 Natamicina, Pimaracina
E239 Hexametilenotetramina
E242 Dicarbonato dimetílico
E249 Nitrito de potássio
E250 Nitrito de sódio
E251 Nitrato de sódio
E252 Nitrato de potássio (OA?)
E260 Ácido acético
E261 Acetato de potássio
E262 Acetato de sódio
E263 Acetato de cálcio
E280 Ácido propiónico
E281 Propionato de sódio
E282 Propionato de cálcio (PRA)
E283 Propionato de potássio
E284 Ácido bórico
E285 Tetraborato de sódio ou Borax
E296 Ácido málico
E1105 Lisozima

Antioxidantes
E300 Ácido ascórbico (Vitamina C)
E301 Ascorbato de sódio
E302 Ascorbato de cálcio
E304 Ésteres de ácidos gordos do ácido ascórbico a) palmitato de ascorbilo e b) estearato de ascorbilo
E306 Extractos naturais ricos em tocoferóis (OGM?)
E307 α-tocoferol (sintético) (OGM?)
E308 γ-tocoferol (sintético) (OGM?)
E309 δ-tocoferol (sintético) (OGM?)
E310 Galato de propilo (PRA)
E311 Galato de octilo (PRA)
E312 Galato de dodecilo (PRA)
E315 Ácido eritórbico
E316 Eritorbato de sódio
E320 Butil-hidroxianisolo ou (BHA)
E321 Butil-hidroxitolueno ou (BHT) (PRA)

Emulsionantes, estabilizadores, espessantes e gelificantes
E322 Lecitinas (emulsionante)
E330 Ácido cítrico
E400 Ácido algínico (espessante, emulsionante, estabilizador, gelificante)
E401 Alginato de sódio (espessante, emulsionante, estabilizador, gelificante)
E402 Alginato de potássio (espessante, emulsionante, estabilizador, gelificante)
E403 Alginato de amónio (espessante, emulsionante, estabilizador)
E404 Alginato de cálcio (espessante, emulsionante, estabilizador, gelificante)
E405 Alginato de propilenoglicol) (espessante, emulsionante, estabilizador)
E406 Ágar-ágar (espessante, estabilizador, gelificante)
E407 Carragenina (espessante, emulsionante, estabilizador, gelificante) (PRA)
E407a Algas Eucheuma transformadas (espessante, emulsionante, estabilizador, gelificante)
E410 Farinha de semente de alfarroba (espessante, emulsionante, estabilizador, gelificante)
E412 Goma de guar (espessante, estabilizador)
E413 Goma adragante (espessante) (estabilizador, emulsionante) (PRA)
E414 Goma arábica (espessante) (estabilizador, emulsionante) (PRA)
E415 Goma xantana (espessante) (estabilizador) (OGM?)
E416 Goma karaya (espessante) (estabilizador, emulsionante) (PRA)
E417 Goma de tara (espessante) (estabilizador)
E418 Goma gelana (espessante) (estabilizador, emulsionante)
E432 Polissorbato 20 (emulsionante) (OA?)
E433 Polissorbato 80 (emulsionante) (OA?)
E434 Polissorbato 40 (emulsionante) (OA?)
E435 Polissorbato 60 (emulsionante) (OA?)
E436 Polissorbato 65 (emulsionante) (OA?)
E440 Pectina e pectina amidada (emulsionante)
E442 Fosfatidato de amónio
E444 Ésteres acético e isobutírico da sacarose (emulsionante)
E445 Ésteres de glicerol da colofónia (emulsionante)
E450 Difosfatos: (i) Difosfato dissódico (ii) Difosfato trissódico (iii) Difosfato tetrassódico (iv) Difosfato dipotássico (v) Difosfato tetrapotássico (vi) Difosfato dicálcico (vii) Hidrogenodifosfato de cálcio (emulsionante)
E451 Trifosfatos: (i) Trifosfato pentassódico (ii) Trifosfato pentapotássico (emulsionante)
E452 Polifosfatos: (i) Polifosfatos de sódio (ii) Polifosfatos de potássio (iii) Polifosfatos de sódio e cálcio (iv) Polifosfatos de cálcio (emulsionante)
E460 Celulose (i) Celulose microcristallina (ii) celulose em pó (emulsionante)
E461 Metilcelulose (emulsionante)
E463 Hidroxipropilcelulose (emulsionante)
E464 Hidroxipropil-metilcelulose (emulsionante)
E465 Etilmetilcelulose (emulsionante)
E466 Carboximetilcelulose, carboximetilcelulose sódica (emulsionante)
E468 Carboximetilcelulose sódica reticulada (emulsionante)
E469 Carboximetilcelulose hidrolisada enzimaticamente (emulsionante)
E470a Sais de cálcio, potássio e sódio de ácidos gordos (emulsionante, anti-aglomerante) (OA?)
E470b Sais de magnésio de ácidos gordos (emulsionante, anti-aglomerante) (OA?)
E471 Mono e diglicéridos de ácidos gordos (emulsionante) (OGM?) (OA?)
E472a Ésteres acéticos de mono e diglicéridos de ácidos gordos (emulsionante) (OGM?) (OA?)
E472b Ésteres lácticos de mono e diglicéridos de ácidos gordos (emulsionante) (OA?)
E472c Ésteres cítricos de mono e diglicéridos de ácidos gordos (emulsionante) (OA?)
E472d Ésteres tartáricos de mono e diglicéridos de ácidos gordos (emulsionante) (OA?)
E472e Ésteres monoacetiltartáricos e diacetiltartáricos de mono e diglicéridos de ácidos gordos (emulsionante) (OA?)
E472f Ésteres mistos acéticos e tartáricos de mono e diglicéridos de ácidos gordos (emulsionante) (OA?)
E473 Ésteres de sacarose de ácidos gordos (emulsionante) (OGM?) (OA?)
E474 Sacaridoglicéridos (emulsionante) (OA?)
E475 Ésteres de poliglicerol de ácidos gordos (emulsionante) (OGM?) (OA?)
E476 Polirricinoleato de poliglicerol (emulsionante) (OGM?) (OA?)
E477 Ésteres de propilenoglicol de ácidos gordos (emulsionante) (OGM?) (OA?)
E481 Estearilo-2-lactilato de sódio (emulsionante) (OA?)
E482 Estearilo-2-lactilato de cálcio (emulsionante) (OA?)
E483 Tartarato de estearilo (emulsionante) (OA?)
E491 Monoestearato de sorbitano (emulsionante) (OGM?) (OA?)
E492 Triestearato de sorbitano (emulsionante) (OA?)
E493 Monolaurato de sorbitano (emulsionante) (OA?)
E494 Mono-oleato de sorbitano (emulsionante) (OA?)
E495 Monopalmitato de sorbitano (emulsionante) (OA?)
E620 glutamatos.
E640 glutamatos.
E1103 Invertase

Edulcorantes (adoçantes)
E420 Sorbitol
E421 Manitol
E950 Acesulfame-K
E951 Aspartame
E952 Ácido ciclâmico e seus sais de sódio e cálcio
E953 Isomalte
E954 Sacarina e seus sais de sódio, potássio e cálcio
E957 Taumatina
E959 Neo-hesperidina di-hidrochalcona
E965 Maltitol
E966 Lactitol (OA)
E967 Xilitol
E999 Extracto de quilaia

Para os que quiserem ler mais sobre o assunto:

ANVISA
http://www.anvisa.gov.br/ALIMENTOS/legis/especifica/aditivos.htm

Tabela de aditivos alimentares
http://www.anvisa.gov.br/alimentos/aditivos_farmaco.htm

Aditivos UFRJ
http://aditivosquimicos-ufrj.blogspot.com/2008/07/corantes.html



sexta-feira, 22 de junho de 2018

7 Dicas para uma alimentação saudável

7 Dicas para uma alimentação saudável:

1 - Coma a cada 3 horas
2 - Coma em pequenas porções
3 - Mastigue bem os alimentos
4 - Evite comer na frente da televisão
5 - Equilibre frutas, verduras, carboidratos, proteínas e gorduras vegetais nas suas refeições
6 - Beba muito líquido entre as refeições
7 - Prepare um prato colorido e variado

Faça uma avaliação com um nutricionista, pois cada caso é único!

Alimentação natural para cabelos fortes e saudáveis



Para manter os cabelos saudáveis, o ideal é uma alimentação adequada que contenha tudo o que promove a beleza, força e crescimento dos cabelos! Para isso é importante consumir ferro e nutrientes que contenham aminoácidos e vitaminas importantes.


Vitamina A - Promove crescimento saudável dos cabelos e impede que o cabelo fique seco e quebradiço e que sua pele torne-se áspera. Está presente no betacaroteno: cenoura, couve comum (ou ainda galena ou manteiga), repolho crespo, batata doce, nabo verde cru, folha de mostarda crua, folha de espinafre crua, abóbora de inverno, alface de folha verde ou vermelha crua, salsa desidratada, manjericão desidratado, manjerona desidratada.

B3 (Niacina) – Pode ajudar a aumentar a circulação do couro cabeludo. Fontes naturais: Vegetais de folhas verdes; Cogumelos; Amendoins;Farelo de arroz; dentre outros. 

B5 (ácido pantotênico) – O ácido pantotênico é considerado a melhor vitamina para queda de cabelo, perda de cabelo e manutenção da  cor do cabelo. Fontes naturais: cereais integrais, legumes, brócolis, batata, tomate e abacate (dentre outros).

Vitamina B6 (piridoxina) – bom para manter a cor do cabelo, e sua deficiência pode causar a perda de cabelo. Fontes naturais: aveia, cereais em grão, arroz integral, banana, batata, leguminosas, limões, vegetais verdes,abacate, dentre outros.

Vitamina B12 (cobalamina) – A deficiência desta vitamina causa perda de cabelos. Fontes naturais: Cereais enriquecidos, soja, nori (é uma espécie de folha feita a partir de algas marinhas amplamente utilizada em pratos da culinária japonesa), leite vegetal enriquecido (se você é vegetariano ou vegano, voce pode ingerir B12 em gotas sublingual - faz na farmácia de manipulação com receita médica).

Ácido fólico – Possivelmente o mais importante de todas as vitaminas para queda de cabelo e perda de cor do cabelo. É também muito importante para a mulher (especialmente se estiver grávida). Fontes naturais: nozes, lentilha, quiabo cozido, espinafre cozido, feijão preto cozido, macarrão cozido, cereais matinais fortificados, dentre outros.

Ácido para-aminobenzóico (PABA) – Pode ajudar a devolver ao cabelo a sua cor original! Tava pensando que cabelo branco era só por causa da velhice?? Fontes naturais: cereais integrais, levedo, grãos, arroz, melaço, dentre outros.

Inositol – falta de inositol pode causar irritação da pele / eczema, problemas nos nervos e até mesmo calvície! Fontes naturais:  ervilhas, amendoim, melados, batata doce, repolho, melão, laranja, dentre outros.

Biotina (vitamina H) – biotina ajuda a metabolizar os ácidos graxos (Deficiências de ácidos graxos essenciais são associadas com a perda de cabelo, resecamento e descamação de pele). Fontes naturais:amendoim, avelã, amêndoas, aveia, acelga cozida, batata-doce, alguns vegetais: tais como couve-flor, ervilha, espinafre; frutas como: banana, morango, melancia, mamão papaia e laranja. 

Vitamina C (ácido ascórbico) – este nutriente vital ajudará outras vitaminas (por exemplo, ajuda a absorção de ferro) e é essencial para uma pele saudável, vasos sanguíneos, formação de colágeno, etc. Fontes naturais: frutas cítricas, banana, melão, a maioria das bagas (laranjas, limões e tangerinas) e abacaxi. Os vegetais incluem aspargos, brócolis e pimentão verde e vermelho . Vegetais alaranjados também são conhecidos por ter uma grande quantidade de ácido ascórbico - abóboras, batata doce e cenoura . Agrião, folhas verdes escuras e alho também são ricos em vitamina C. 

Vitamina E: Pode ajudar a prevenir cabelos brancos e queda de cabelo. Este antioxidante também promove o fluxo sanguíneo saudável, que pode ajudar a manter a circulação de sangue no couro cabeludo. Fontes naturais: a maioria dos óleos vegetais, avelãs, amêndoas, castanhas, pistache, sementes, dentre outros. 

Fonte: 
http://www.produtosdebeleza.com/alimentos-que-fazem-o-cabelo-crescer.html
http://www.maeterra.com.br/site/index.php?mact=News,cntnt01,detail,0&cntnt01articleid=121&cntnt01returnid=60
http://pt.265health.com/diet-nutrition/vitamins/1009008335.html#.VETv4fldWao
http://www.tuasaude.com/alimentos-ricos-em-vitamina-e/

domingo, 3 de junho de 2018

PÃO SEM GLÚTEN

Para fazer um excelente pão sem glúten veja o vídeo:
http://novotempo.com/vidaesaude/videos/pao-sem-gluten-nova-receita/


terça-feira, 8 de maio de 2018

SPIRULINA: a alga com mais proteínas que a carne


Este texto foi publicado por Dr. Rondó em http://www.drrondo.com/spirulina-a-alga-com-mais-proteinas-que-a-carne/








A Spirulina é uma alga verde azulada, um poderoso super alimento com alta concentração de proteínas, vitaminas, antioxidantes e outros nutrientes. É muito usada em sucos verdes e smoothies. Cresce em lagos alcalinos no México e no Continente Africano, mas seu maior produtor e consumidor é o Japão.

Os benefícios da Spirulina são tão reconhecidos que a Nasa e a Agência Espacial Europeia estão pesquisando sobre a possibilidade de incluí-la na alimentação de astronautas em viagens espaciais. Não é por acaso: sua concentração de proteínas, por exemplo, é de 50 a 70% de proteína por peso, maior até que a da carne vermelha, que tem cerca de 27%. Além disso, é altamente digerível por não ter celulose na parede, como levedura e clorela. A alga é usada também para tratar desnutrição em crianças, tendo alcançado resultados de melhora de QI, em comparação com crianças que não a consomem.
 

Outras excelentes qualidades da Spirulina:

    Contém todos os aminoácidos essenciais.
    Riquíssima em vitaminas, em especial a B12 e K.
    Fonte de ácido gama linoléico (GLA), raramente encontrado nessa concentração em outro alimento.
    Alta concentração de minerais (cálcio, magnésio, manganês, potássio, zinco e ferro).
    Apresenta Methalo-theonine, uma proteína relacionada a metais que se liga a isótopos radioativos pesados e Sulfolipides, que protege contra vírus do HIV.
    Rica em iodo.
    Contém fotoquímicos, como a clorofila, carotenoides e fitocianina.
    Baixa concentração de carboidrato.

Indicações:

    Melhora o perfil lipídico;
    Melhora a elasticidade vascular;
    Controla hipertensão;
    Varre radicais livres;
    Diabetes tipo 2;
    Doenças cardiovasculares;
    Reduz sintomas de alergia;
    Protege contra o câncer;
    Reduz danos causados por exposição a metais pesados;
    Degeneração macular;
    Proteção contra radiação;
    Fortalece o sistema imunológico;
    Reduz sintomas de artrite;
    Cirrose não alcoólica;
    Doenças neurodegenerativas: Alzheimer e Parkinson;
    Protege contra radiação ionizante.

Segurança e dosagem:

A Spirulina é segura, mesmo em altas doses. Porém, quando cultivada em áreas poluídas ou de forma incorreta, pode acumular toxinas ambientais. Evite Spirulina proveniente do Japão ou proximidades, pelo fato da alta contaminação com radiação pelo acidente de Fukushima.

Comece a usá-la em dosagem baixa, cerca de 3.000 mg por dia para adultos e de 500 a 1.500 mg por dia para crianças, com objetivo preventivo.Dosagens terapêuticas variam de 10.000 a 20.000 mg por dia, no caso de adultos.

Sempre comece com pouca dosagem e vá aumentando gradativamente, para evitar reações de desintoxicação como febrícula, excesso de gases e sensação de sonolência excessiva, além de coceiras causadas pelo processo de desintoxicação muito rápido.Vale lembrar que há pessoas que não toleram a Spirulina, por sensibilidade. Nestes casos, a opção é utilizar a clorela, para se ter efeitos similares.



Referências bibliográficas:
  • Nutrition and Rheumatic Diseases/Rheumatic Disease Clinics of North America, May 1991;17(2):415-425.
  • Am Fam Physician, November 1, 2004;70(9):1731-1738.
  • Lipids Health Dis, 2007 Nov26.
  • Nutr Res Pract, 2008 Winter; 2(4): 295-300.
  • Ann NutrMetab, 2008; 52(4): 322-328.
  • Cell MolImmunol, 2011 Jan 31.
  • Med Sci Sports Exercise, 2010 Jan; 42(1): 142-51.

segunda-feira, 7 de maio de 2018

ORGÂNICOS

A consumo de orgânicos tem crescido cada vez mais no Brasil, mas poucas pessoas sabem como é feita a produção. A intenção da prática orgânica é fazer parte de um sistema que presta serviços ambientais e é justo ecologicamente. A pesquisadora da Embrapa e engenheira agrônoma Ronessa Bartolomeu de Souza, indica que “o  simples fato do alimento orgânico não conter resíduo de agrotóxico, já é um bem enorme pra nossa saúde, então, ele é melhor nutricionalmente”. Ronessa participou do programa Conexão Ciência e fala sobre temas que envolvem os produtos orgânicos, confira a entrevista completa no link: http://goo.gl/Z2rKEW

Fonte: http://www.organicsnet.com.br/2014/09/16546/

quinta-feira, 3 de maio de 2018

10 MOTIVOS PARA CONSUMIR ORGÂNICOS

10 motivos para consumir orgânicos
1. Evita problemas de saúde causados pela ingestão de substâncias químicas tóxicas. Pesquisas e estudos tem demonstrado que os agrotóxicos são prejudiciais ao nosso organismo e os resíduos que permanecem nos alimentos podem provocar reações alérgicas, respiratórias, distúrbios hormonais, problemas neurológicos e até câncer.
2. Alimentos orgânicos são mais nutritivos. Solos ricos e balanceados com adubos naturais produzem alimentos com maior valor nutritivo.
3. Alimentos orgânicos são mais saborosos. Sabor e aroma são mais intensos – em sua produção não há agrotóxicos ou produtos químicos que possam alterá-los.
4. Protege futuras gerações de contaminação química. A intensa utilização de produtos químicos na produção de alimentos afeta o ar, o solo, a água, os animais e as pessoas. A agricultura orgânica exclui o uso de fertilizantes, agrotóxicos ou qualquer produto químico; e tem como base de seu trabalho a preservação dos recursos naturais.
5. Evita a erosão do solo. Através das técnicas orgânicas tais como rotação de culturas, plantio consorciado, compostagem, etc., o solo se mantém fértil e permanece produtivo ano após ano.
6. Protege a qualidade da água. Os agrotóxicos utilizados nas plantações atravessam o solo, alcançam os lençóis d’água e poluem rios e lagos.
7. Restaura a biodiversidade, protegendo a vida animal e vegetal. A agricultura orgânica respeita o equilíbrio da natureza, criando ecossistemas saudáveis. A vida silvestre, parte essencial do estabelecimento agrícola é preservada e áreas naturais são conservadas.
8. Ajuda os pequenos agricultores. Em sua maioria, a produção orgânica provém de pequenos núcleos familiares que tem na terra a sua única forma de sustento. Mantendo o solo fértil por muitos anos, o cultivo orgânico prende o homem à terra e revitaliza as comunidades rurais.
9. Economiza energia. O cultivo orgânico dispensa os agrotóxicos e adubos químicos, utilizando intensamente a cobertura morta, a incorporação de matéria orgânica ao solo e o trato manual dos canteiros. É o procedimento contrário da agricultura convencional que se apoia no petróleo como insumo de agrotóxicos e fertilizantes e é a base para a intensa mecanização que a caracteriza.
10. O produto orgânico é certificado. A qualidade do produto orgânico é assegurada por um Selo de Certificação. Este Selo é fornecido pelas associações de agricultura orgânica ou por órgãos certificadores independentes, que verificam e fiscalizam a produção de alimentos orgânicos desde a sua produção até a comercialização. O Selo de Certificação é a garantia do consumidor de estar adquirindo produtos mais saudáveis e isentos de qualquer resíduo tóxico.
Fonte: Ambiente Brasil
http://www.organicsnet.com.br/consumo-responsavel/10-motivos-para-consumir-organicos/

quarta-feira, 2 de maio de 2018

GENGIBRE E LIMÃO PARA EMAGRECER

O gengibre é uma raiz conhecida mundialmente por todas as propriedades que tem para a saúde, especialmente pelo seu poder anti-inflamatório e suas propriedades gástricas que favorecem o sistema digestivo. Esta raiz se utiliza com o fim de emagrecer, já que suas propriedades favorecem a perda de peso, pois além de melhorar as funções digestivas, também tem o efeito “termogênico” que ajuda a ativar o metabolismo, sendo assim um potente queima-gordura e queima-calorias.

Por outro lado, o limão é outro dos poderosos produtos medicinais que favorecem a saúde de diferentes formas e também é considerado como um emagrecedor natural. Seu teor de Vitamina C, o torna um antioxidante muito eficaz que facilita a eliminação de resíduos do organismo, combate a retenção de líquidos, ajuda a desintoxicar o corpo e contribui para eliminar o inchaço abdominal.

Como é possível emagrecer com gengibre e limão?
Levando em conta que ambos os ingredientes têm propriedades que favorecem a eliminação de gorduras e resíduos do organismo, os dois juntos são considerados como um potente emagrecedor natural que pode te ajudar a completar muito bem a sua dieta para perder peso. Com certeza você nunca tinha imaginado que poderia preparar ambos ingrediente juntos e com este objetivo tão especial, agora você verá que a versatilidade dos ingredientes se presta para várias receitas, com as quais poderá perder peso naturalmente e com bons resultados.

Chá de gengibre e limão

Uma das formas de combinar estes dois ingredientes para aproveitar as suas propriedades, é fazendo um chá seguindo simples passos e com um sabor delicioso que você adorará.

O que você deve fazer?

Colocar para esquentar uma xícara de água e retirar antes que chegue ao ponto de ebulição. Quando a água estiver pronta, acrescente uma pequena fatia de gengibre e deixe repousar durante 5 minutos tampada. Depois deste tempo agregue o suco de um limão e beba. É recomendável tomar o chá em jejum.

Limonada de gengibre e limão

Esta deliciosa limonada combina a receita clássica que todos nós conhecemos, com os poderes do gengibre que a fará mais saudável e permitirá que você baixe de peso.

O que você deve fazer?

Prepare a limonada como o faz normalmente, evitando usar açúcar refinado para adoçar. Depois agregue uma colher de gengibre ralado, e se o deseja, também pode acrescentar umas folhinhas de salsinha bem picadas, para potenciar o seu poder desintoxicante. Uma vez que esteja pronto, beba preferencialmente em jejum.

Molho de gengibre e limão

Esta é uma excelente alternativa para desfrutar dos benefícios do gengibre e do limão juntos, pois não precisa preparar um suco ou um chá para aproveitá-los.

O que você deve fazer?

Rale bem um punhado de gengibre e depois misture com o suco de um limão. Acrescente este molho às suas saladas favoritas e aproveite.

Outros benefícios do gengibre e do limão

Como mencionamos a princípio, o gengibre e o limão estão repletos de propriedades que favorecem a saúde de diferentes maneiras, incluindo a perda de peso. Tendo em conta as receitas anteriores, estes são outros benefícios que você pode ter ao consumi-las.

Ajudam a purificar o sangue: ao ter depuradores do organismo, que facilitam a eliminação de toxinas e resíduos que o corpo não precisa, estes dois bons aliados são ideias para purificar o sangue naturalmente e entre outras coisas, é bom para a circulação e combate o colesterol ruim (LDL).

Fortalecem o sistema imunológico: tanto o limão como o gengibre tem uma grande quantidade de componentes que fortalecem o sistema imune, e graças a isso nos ajudam a manter os resfriados longe, os problemas respiratórios, as afonias, as infecções, entre outros.

São bons para a saúde da pele: a mistura de gengibre e limão é rica em vitamina C e antioxidantes, que ajudam a manter uma pele saudável, jovem e hidratada.

Estimulam a boa digestão: esta combinação é ideal para combater problemas digestivos como a indigestão, o transito lento, e entre outras coisas a incômoda retenção de líquidos. Isso sim, é importante esclarecer que quem sofre de gastrite (diagnosticada) é melhor que não os consuma.

Lembre-se:
Se você deseja baixar de peso aproveitando os benefícios do gengibre e do limão como bons aliados, também deve ter uma dieta saudável, livre de fast food, refrigerantes, farinhas, gorduras, sódio, entre outros. Além disso, é bom que realize atividades físicas e beba pelo menos 2 litros de água por dia. Se você segue este estilo de vida, logo notará que já não tem os quilos a mais.

Fonte: http://melhorcomsaude.com/gengibre-e-limao-uma-perfeita-combinacao-para-emagrecer/

segunda-feira, 30 de abril de 2018

CHÁ DE FOLHAS DE AMORAS



Segundo estudos, o chá de amora tem ação: sedativa, expectorante, refrescante, emoliente, calmante, diurética, antidiabético, antiinflamatória, tônica, inapetência, prisão de ventre, inflamação da boca, febre, diabetes, dermatoses, eczema, erupções cutâneas.

É conhecida como a planta REGULADORA DOS HORMÔNIOS por isso atua com bastante eficácia nos sintomas da menopausa: ressecamento da vagina, irritação, ansiedade, nervosismo, memória fraca, dores musculares e das articulações, calores e algumas vezes suores frio, dor de cabeça, diminuição da libido, dificuldades para dormir, depressão, problemas urinários. É ainda planta anti-cancerígena, no combate a osteoporose, como tônico muscular nas práticas desportivas, por possuir alto teor de potássio.

Depurativa do sangue, anti-séptica, vermífuga, digestiva, calmante, diurética, laxativa, refrescante, adstringente e muito útil nos problemas da tireóide. Possui poderosas propriedades anti-oxidantes por sua combinação de vitaminas C com E contribuindo assim para o rejuvinescimento e beleza da pele. 
A amora ajuda a prevenir infecção urinária, reduzir o risco de úlcera e câncer no estômago. Os japoneses substituem a água por chá de amora, talvez aí esteja o segredo da longevidade e saúde

quarta-feira, 28 de março de 2018

POR QUE BEBER ÁGUA?




Água: elemento vital

A água é a substância mais abundante do corpo humano. Ela é um componente essencial de todos os tecidos do organismo. Apesar de não conter nenhuma caloria ou outros nutrientes, sem a água o corpo humano só continuaria funcionando por poucos dias. A perda de 20% de água corpórea pode causar a morte e uma perda de apenas 10% causa distúrbios graves.

Com o envelhecimento, o corpo começa a ressecar cada vez mais. Por exemplo, o corpo de um bebê recém nascido consiste em 75 a 80% de água, contra apenas 50% no caso de um corpo adulto com 60 a 70 anos. Este processo de ressecamento se reflete em pele enrugada, fluxo reduzido de sangue e juntas mais endurecidas.

Necessidades diárias

O corpo humano perde água de várias formas. Através dos rins em forma de urina, como parte das fezes, através do processo de respiração e através da transpiração (suor). Podemos verificar que a ingestão de água está insuficiente simplesmente observando nossa urina. Quando isso ocorre, os rins tentam compensar conservando a água e, portanto excretam uma urina mais concentrada, com coloração amarelo mais acentuado. Um baixo consumo crônico de água aumenta o risco de cálculos (pedras) renais ou cálculos na bexiga

A quantidade de água perdida a cada 24h deve ser reposta para manter a saúde e a eficiência do organismo. Em geral, adultos devem consumir 35mL/Kg de peso, crianças 50 a 60mL/Kg de peso e lactentes 150mL/Kg peso. Isto quer dizer que se uma pessoa pesa 70Kg ela deverá ingerir diariamente cerca de 2,5L de água. Sucos, refrigerantes, chá, café e os alimentos contém água. Mas a pessoa deve dar preferência à água pura.

Fatores que aumentam as necessidades de água

É necessário consumir mais água quando está calor, durante exercícios físicos, no caso de febres, resfriados e outras doenças. É necessário ingerir maior quantidade de água também durante a gravidez, tendo em vista a formação do líquido amniótico e o aumento no volume de sangue, e também para atender as necessidades do feto em desenvolvimento. Da mesma forma, mães com filhos que mamam no peito precisam aumentar a ingestão de líquidos para produzir leite, que contém 87% de água.

Tipos de água engarrafada encontrados no mercado

• Água potável: é vendida no mercado em garrafões, sendo retirada de qualquer fonte aprovada (rios, reservatórios, água encanada). Em seguida é filtrada e desinfetada e o conteúdo mineral pode ser ajustado.
• Água mineral: contém no mínimo 500mg de minerais por litro
• Água com gás: contém dióxido de carbono para ficar borbulhante. Existem águas gaseificadas naturais que já vêm nesse estado da própria fonte
• Água termal: é retirada de fontes naturais.
Concluindo, a água é o mais abundante e o mais barato de todos os líquidos existentes para matar nossa sede. Ela é importante para todos os processos vitais do nosso corpo e deve ser ingerida diariamente.

Beba oito copos de água por dia

O ideal é que se beba pelo menos 8 copos por dia, nunca junto com as refeições. Dessa forma, seu corpo estará sempre hidratado, sua pele ficará mais macia e elástica.

CINCO MOTIVOS PARA VOCÊ BEBER MUITA ÁGUA

1 – Diminuir retenção hídrica
2 – Aumentar tamanho dos músculos
3 – Manter a saúde da pele
4 – Controlar a fome
5 – Matar a sede


Fontes: 

SOBRE OS CARBOIDRATOS


CONSUMA DE FORMA ADEQUADA, SEM EXAGEROS E COM MODERAÇÃO!

I. G. - Indice Glicêmico

quinta-feira, 8 de março de 2018

QUALIDADE DE VIDA

                                                   O Tripé da Qualidade de Vida

Diariamente somos bombardeados de informações sobre o que promove uma qualidade de vida real e estável, são revistas, telejornais, documentários, jornais e todos os tipos de meios de comunicação explorando o tema. Realmente este é um assunto popular e muito atual, faz parte de um movimento humano para o início de novos dias sem doenças, estresse, tristeza e por uma incansável procura de paz e bem-estar. Hoje falaremos então das três grandes bases da qualidade de vida, fortes alicerces que oferecem ao ser humano um terreno seguro para construir sua vida em tranquilidade.

A primeira base deste tripé é a alimentação. Esta base condiz diretamente com o estilo de vida que você quer levar, não só isso, como também fala muito de sua personalidade. Há até quem diga que “você é o que você come”, e isso pode ser até verdadeiro. A importância da alimentação na qualidade de vida é algo notável que pode ser percebida facilmente ao comparar uma pessoa que consome alimentos frescos e naturais, ricos em frutas, verduras, grãos etc, com uma acostumada aos tão queridos industrializados, como refrigerantes, salgadinhos, enlatados e todos aqueles com alto teor de artificialidade e química de conservação.

Na comunidade em que vivi na Escócia, praticamente 100% da alimentação era orgânica e produtos industrializados eram evitados, só tendo espaço quando realmente necessários. Era notável a saúde e a vitalidade das pessoas. Não quero responsabilizar a alimentação por isso, mas eu tenho certeza que ela é uma das principais causas desse bem-estar, logicamente, pois não é à toa que eles iriam se preocupar tanto com o que é ingerido naquele lugar, principalmente pelas pessoas com deficiência. Ser vegetariano e ter uma reeducação alimentar também é de grande ajuda neste processo de aumento da qualidade de vida.

A segunda base é atividade física, isso não precisa nem falar, pois se um dia pensarmos numa imagem da qualidade de vida, veremos alguém praticando um esporte, apesar de o assunto ser algo bem mais abrangente. Colocar o corpo para trabalhar ao limite de vez em quando faz muito bem ao sistema biológico e promove um bem-estar indescritível, além é claro da sensação psicológica de autoestima. Os resultados adquiridos com a prática de um esporte são reais e muito eficientes, seria até perda de tempo falar sobre isso, tendo em vista que a cultura do esporte é tão disseminada em nosso país de forma benéfica. Somos brasileiros, temos famas de bom condicionamento físico, seriamos até uma grande potência olímpica se o governo resolvesse investir nesta área, porém ainda há muito em que se investir primeiro.

E para fechar, eu não poderia esquecer da base mais importante, aquela que talvez seja a mais necessária em nosso planeta no momento, o exercício intelectual. Algo que é sempre deixado para segundo plano em meio a uma vida tão cheia de problemas, problemas que em alguns momentos poderiam ser encarados bem melhor com a ajuda de um desenvolvimento intelectual apropriado, uma leitura, um estudo, uma meditação ou qualquer coisa que exercite a mente. Aprender, tentar, reconhecer o erro, tentar de novo, é isso que move ao ser humano ao progresso, essa luta pelo avanço, pela solução dos problemas, pela absorção de conhecimento.


Mas o fator mais impressionante é que o exercício intelectual não só desenvolve a inteligência como também auxilia muito bem na saúde e na qualidade de vida, ora, não me diga que você nunca viu um daqueles velhinhos que parecem só estarem vivos porque ainda tentam usar o cerébro, por mais que estejam velhos e fracos, parece que a longevidade é um prêmio para uma vida de alta atividade mental. Sem sombra de dúvidas, ser sábio é uma ferramenta poderosa para promover a qualidade de vida, pois é esta sabedoria que auxiliará qualquer problema pessoal durante esta passagem na Terra. Por isso não se esqueça de ler, debater, conhecer coisas novas, viajar, abrir a cabeça e abraçar cada detalhe ao seu redor, pois isso lhe preencherá e lhe transformará numa pessoa rica e cheia de luz.

Portanto este é o tripé da qualidade de vida: alimentação, atividade física e exercício intelectual. Se focarmos nessas três bases e planejarmos uma vida que não esqueça de nenhuma, é garantido um sucesso e um bem-estar que não faria ninguém voltar atrás. Vale lembrar que estes três estão fortemente conectados, e que se um estiver fraco, os outros dois não terão apoio suficiente para se manter em pé, deve haver um equilíbrio e igual atenção a todos. 

Gelatina 100% Natural (não é de origem animal)

Gelatina de algas marinhas

5 gramas de ágar-ágar
560 ml de água
2 copos de suco de sua preferência

Dissolva 5 gramas de ágar-ágar nos 560 ml de água fria e misture bem. Leve ao fogo brando e deixe ferver por cerca de 03 minutos. Retire do fogo e deixe esfriar um pouco. Acrescente os dois copos de suco de sua preferência e adoce a gosto. Coloque em pequenos potinhos  e leve à geladeira (endurece mesmo sem levar à geladeira, mas gelado é mais gostoso).

quinta-feira, 1 de março de 2018

13 MELHORES RECEITAS DE SUCOS PARA EMAGRECER

13 melhores receitas de suco para emagrecer: verde, rosa, vermelho e mais

Do portal Bolsa de Mulher


Os sucos coloridos emagrecem e são capazes de trazer muito mais saúde ao corpo. Entre as várias opções de bebida para enxugar os quilinhos extras estão o famoso e potente suco verde, o supersaudável suco vermelho e também o fortalecedor suco rosa. Para ajudar a descobrir o melhor para você, fizemos uma seleção das melhores receitas indicadas por nutricionistas.

Veja as receitas em:

DUAS NOVAS RECEITAS

MOUSSE DE AVOCADO COM BANANA E MORANGOS


É muito simples de fazer! Você vai precisar de 03 avocados (tipo de abacate pequeno), 1 copo de leite de arroz ou amêndoas, 2 bananas, 4 colheres de sopa de passas sem caroço desidratadas, 1 colher de sopa de goji berry desidratado, 02 colheres de açúcar demerara.

Bata tudo no liquidificador, coloque em potes pequenos de sobremesa e depois enfeite com morangos cortados.





MUFFIN SALGADO


Você pode usar como base qualquer tipo de batata ou cenoura. E vai precisar de uma xícara de batata ou cenoura cozida e amassada, temperos e sal a gosto, 3/4 xícara de farinha de trigo sem glúten para dar liga, um pouco de azeite e 01 colher de chá de fermento em pó. Amasse tudo até dar liga na massa. Depois coloque em forma de cup cake de silicone (não precisa untar e solta com muita facilidade). Se quiser pode rechear o muffin salgado com pasta de beringela, de grão de bico, shitakes ou o que desejar. Depois é só assar! Fica uma delícia!



sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

SUCO DE BARBOSA OU ALOE VERA

O suco de Babosa ou Aloe vera 




Para que serve o suco de babosa

O suco de babosa serve para:
  • doenças e problemas de pele.
  • limpar o intestino, combatendo a prisão de ventre;
  • tratar a dor de estômago e a gastrite;
  • tratar o câncer;
  • tratar dores em geral;
  • qualquer tipo de inflamação como tendinite, artrite, bursite, picada de insetos e outros;
  • cicatrização de feridas;
  • promove o crescimento de novas células da pele;
  • conferir mais energia;
  • inibe a ação de bactérias como salmonela e estafilococos, por exemplo.
É muito benéfico na desintoxicação do corpo e do sangue. Pode ajudar na cura daqueles que têm problemas do estômago como úlceras ou síndrome do intestino irritável.


Como fazer:

Compre uma folha de babosa, com uma faca corte as beiradas/laterais com pontas (ou espinhos), lave bem e retire a casca (você pode corta a folha em pedaços grandes para facilitar a retirada da casca). Depois corte em pedaços e coloque no liquidificador. Acrescente água gelada filtrada, 1/2 limão pequeno com casca e tudo e o suco de 1 laranja grande. Acrescente açúcar demerara ou calda de agave azul (ou outro açúcar de sua preferência) e bata tudo no liquidificador. Coloque o coador em uma jarra para sucos e coe. lave o copo do liquidificador, acrescente mais água e 2 copos do suco já coado. Bata novamente para não ficar tão grosso e misture ao restante do suco. Depois veja se está bom de açúcar para o seu gosto e está pronto para beber. Rende 1,5 a 2 litros dependendo se você quiser mais forte ou mais fraco. Saboroso, refrescante e nutritivo! Beba gelado.

Contraindicações da babosa

O uso interno da babosa está contraindicado para crianças, grávidas e durante a amamentação, assim como em pacientes com inflamações no útero ou ovários, hemorroidas, fissuras anais, pedras na bexiga, varizes, apendicite, prostatite, cistite, desinterias e nefrite.
Fontes: 


ENXAQUECA: CORTE O MAL PELA BOCA




A enxaqueca é “expert” em atrapalhar o dia a dia de quem convive com ela. É uma dor latejante que geralmente fica em um lado só da cabeça e pode levar a náuseas, vômito, dor nos olhos e outras coisas.

A raiz do problema? Ninguém sabe direito, mas o que os estudos mostram é que a tal da “vida moderna” tem muita influência (estresse, ansiedade, cansaço, mudanças de clima, iluminação inadequada, alimentação ruim, álcool e por aí vai). Mas a boa notícia é que a alimentação natural pode ajudar muito nessa. Olho nas dicas!


1 - SELÊNIO NA CABEÇA: esse é um antioxidante natural que ajuda a neutralizar os radicais livres e com isso mantém o sistema nervoso funcionando direitinho. Aí não tem como a enxaqueca chegar perto (e não só ela! O selênio também ajuda a prevenir o mal de Alzheimer e de Parkinson). Então, mãos à obra: aposte nas castanhas, no farelo de trigo e na semente de girassol.


2 - LINHAÇA: UM SANTO REMÉDIO: rica em ômega 3, ela é um antiinflamatório natural que ajuda a evitar a dilatação dos vasos sanguíneos que leva à dor latejante da enxaqueca.


3 - FUJA DOS DOCES, AÇÚCAR E ÁLCOOL: o excesso deles faz a glicose do sangue despencar (é a famosa hipoglicemia). E aí é um pulo para  os vasos de sangue da cabeça se dilatarem e a enxaqueca se instalar. Prefira alimentos integrais (frutas com casca, verduras e legumes in natura, arroz integral e outros grãos); eles têm mais nutrientes e energia para o cérebro funcionar melhor.


4 - FICAR SEM COMER? NEM PENSAR!: taí um erro que muita gente comete e nem se dá conta do quanto faz mal. Ficar mais do que 3 horas sem comer pode levar à hipoglicemia (aquela que a gente comentou agora há pouco), que é um prato cheio pra enxaqueca chegar. Coma a cada 3 horas (sempre com qualidade e moderação).


5- ASPARTAME: MELHOR PASSAR LONGE: isso porque o excesso desse adoçante artificial pode levar à enxaqueca. Prefira o açúcar natural dos alimentos (como as frutas), ou opte por versões naturais de adoçantes (à base de stévia por exemplo), ou mesmo por um açúcar natural (mascavo ou mel) em pequena quantidade (só não use se tiver diabetes ou outra restrição a açúcares)


6 - APOSTE NO VERDE: espinafre, couve, agrião, rúcula... As folhas verdes escuras contêm magnésio, que dá uma ajuda na hora do fluxo de sangue correr livre, leve e solto pelo cérebro. Ele também tem ação relaxante e com isso ajuda a diminuir a dor. Amêndoas também são uma boa pedida!


7 - CHÁ DE HORTELÃ: essa erva é um santo analgésico e anti-inflamatório que ajuda a deixar a enxaqueca bem longe.

Fonte:

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

SUCO VERDE

Por que beber um suco com couve? Simples. Por que ela faz um bem danado ao nosso organismo. É antiinflamatória, cicatrizante e ajuda a fixar o cálcio nos ossos. Isso sem mencionar os benefícios estéticos. 

A couve é ótima no combate à celulite, desintoxica, e também ajuda a eliminar a gordura. 

o segredo desta receita é o gengibre. Esta especiaria ardidinha é considerada um alimento termogênico. Ou seja, algumas pitadas bastam para acelerar o metabolismo. Sendo assim, o suco verde com gengibre é uma ótima pedida para quem busca perder algumas calorias.




Ingredientes

2 laranjas

3 folhas de couve

1 gengibre

1 litro de água



Modo de fazer

Descasque as laranjas.

Corte-as em pedaços e tire as sementes.

Coloque no liquidificador.

Junte as folhas de couve bem lavadas e com talo.

Arescente um pedacinho de gengibre.

Complete com o litro de água.

Bata tudo. Depois, coe, acrescente açúcar demerara ou calda de agave a seu gosto e sirva gelado.


Fonte: http://luciliadiniz.com/suco-de-couve/

ALIMENTAÇÃO PARA A PELE E O CORPO

Emagrecimento: Opte pela ingestão de alimentos que aceleram o metabolismo, como chá verde, gengibre, canela, óleo de coco extra virgem, pimenta vermelha, orégano, cúrcuma (açafrão).
Melhora da celulite: Diminua o sal, o açúcar, a ingestão de carboidratos complexos (integrais), e de alimentos que causam inflamação no organismo como o glúten. Aumente a ingestão de chás diuréticos, como cavalinha, e alimentos ricos em silício, como alfafa, broto de bambu, aveia, pepino, cavalinha, rabanete e espinafre.
Acne: Prefira alimentos cicatrizantes e anti-inflamatórios, como ômega 3, rabanetes, cúrcuma (açafrão), azeite de oliva extra virgem, cerejas e abacate.
Envelhecimento cutâneo: Para prevenir, opte pela ingestão de proteínas, alimentos ricos em antioxidantes, como o resveratrol, presente no suco de uva integral, chá verde, goji berry e frutas vermelhas.
Unhas e cabelos: Alimentos ricos em zinco, como grãos integrais e  nozes; e em magnésio, como carambola, melão e abacaxi ajudam a fortalecê-los.