terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Muffin de banana funcional


Esta receita é super saudável e fica uma delícia!

Ingredientes:

3 bananas amassadas
1 copo de 200ml com água 
2 colheres de sopa (bem cheias) de chia em grãos 
1 xícara grande de farinha de trigo sem gluten
3 colheres de sopa de açucar demerara ou calda de agave
3 colheres da seguinte mistura (amaranto e quinua em flocos)
100 a 150 ml deleite de arroz ou de amêndoas
fermento em pó para pães (um sachê)
canela a gosto


Modo de preparo:

Coloque a chia nos 200 ml de água e fique mexendo até engrossar
Misture todos os igredientes até formar uma massa homogênea, mas leve (fica parecido com massa de bolo consistente).
Coloque em formas de silicone de muffin e ase em forno médio até furar com um palito e o mesmo sair limpo.

Rende 12 muffins

Receita criada por Beatriz Acampora

sábado, 6 de dezembro de 2014

CEIA DE NATAL VEGANA SEM GLUTEN

SUGESTÃO DE CEIA DE NATAL VEGANA SEM GLUTEN



Decidi falar um pouco sobre as possibilidades para uma ceia de natal diferente e repleta de saúde. Você pode comer sem culpa, porque é natural e saudável! Estas ideias são para agradar a todos os gostos!

Arrume a mesa com opções de frutas secas variadas, salada de frutas, panetone sem glúten e tira gostos (sugestão: torradas sem glúten com pastas variadas – berinjela, grão de bico, etc) para serem servidos antes da ceia. Como nosso natal é no verão e geralmente está muito calor, sirva sucos naturais, como abacaxi com hortelã, suco de laranja, limonada ou outro de sua preferência.

CEIA

Arroz colorido
(Arroz branco ou integral cozido e misturado com brócolis, couve-flor, cenoura picada e cozida, milho verde e ervilha)

Estrogonofe de palmito natural
(corte o palmito natural em rodelas e cozinhe em molho de tomate natural, usando temperos e sal à gosto; quando já estiver cozido, coloque meio copo de água com uma colher de sopa de maisena para engrossar e dar a cor de estrogonofe)

Bife de lentilha com sementes de girassol
(cozinhe a lentilha com os temperos de sua preferência e escorra; misture a lentilha com sementes de girassol, temperos a gosto, azeite e farinha de trigo sem glúten até dar ponto de massa para fritar ou assar – faça os bifes com mão e frite em uma frigideira de cerâmica que não precisa usar óleo)

Farofa de banana
(doure levemente as bananas com azeite ou óleo de palma, acrescente a farinha de mandioca e coloque sal e temperos a gosto)

Panqueca de legumes
(1 copo de 200 ml de leite de arroz, 1 xícara de farinha de trigo sem glúten, temperos e sal a gosto e uma colher de azeite extra virgem – bata tudo no liquidificador e faça as panquecas em uma frigideira de cerâmica – não gruda e não precisa de óleo. Para o recheio cozinhe os legumes de sua preferência picados em pedaços pequenos – minha sugestão: berinjela, abobrinha, cenoura, repolho e batata; depois que estiverem cozidos e escorridos, misture com um pouco de azeite, gengibre ralado e tomate picado. Recheie as panquecas, enrole-as, coloque-as em um pirex e cubra com molho de tomate temperado).

Salada de folhas com tomate seco, castanhas de caju e damasco
(em uma vasilha arrume as folhas lavadas de rúcula, alface americana, agrião e hortelã; por cima coloque os tomates secos cortados em pedaços, os damascos cortados em pedaços e as castanhas de caju; sirva com molho à parte – minhas sugestões são:  molho de mostarda ou de limão com gengibre, orégano, sal e um pouco de água)

SOBREMESA 



Torta de maçã 

Ingredientes
1 1/4 xícara (chá) de farinha de trigo comum
1 1/4 xícara (chá) de farinha de trigo integral
1/2 xícara (chá) de óleo

Recheio
12 maçãs maduras
3 colheres (sopa) de suco de limão
2 colheres (sopa) de amido de milho
4 colheres (sopa) de açúcar mascavo
1 vidro de leite de coco (200 ml)
1/2 xícara (chá) de água
3 colheres (sopa) de aveia
canela em pó, para polvilhar

Como fazer
Em uma tigela, misture os ingredientes da massa e, se necessário, adicione mais óleo até dar liga na massa. Forre o fundo e as laterais de uma forma de fundo removível com a massa. Pressione bem a massa para que o recheio não vaze.

Recheio
Corte 10 maçãs em cubinhos (retire as sementes). Coloque os cubos de maçã em uma panela, junto com o leite de coco e o açúcar, e ferva mexendo de vez em quando até que as maçãs fiquem macias. Dilua o amido de milho na água, junte com o limão e jogue na panela com as maçãs (ainda com fogo ligado). Mexa sem parar até que o líquido engrosse. Retire do fogo, acrescente a aveia e deixe o recheio esfriando até que a massa fique pronta.

Montagem
Coloque o recheio na assadeira, sobre a massa. Corte as 2 maçãs restantes em fatias bem finas e utilize para decorar a torta. Polvilhe canela. Asse a torta por 45 minutos em fogo médio pré-aquecido (ou até que as laterais da massa estejam douradas).

Esta receita de Torta de maçã foi retirada de http://cybercook.com.br/receita-de-torta-de-maca-vegana-r-7-48774.html

domingo, 30 de novembro de 2014

ALIMENTOS QUE SÃO FONTE DE CÁLCIO

Os seguintes alimentos são fontes de cálcio e não derivam do leite nem tem origem animal.

* Tofu
* Brócolis
* Espinafre
* Semente de gergelim
* Soja (cuidado com a transgênica)
* Linhaça
* Grão de bico
* Aveia
* Chia

PIZZA SEM GLUTEN DA VEGANANA


Deliciosa massa muito fácil de preparar. Em poucos minutos você pode ter esta delicia pronta para ser saboreada. Invente a cobertura que preferir, use o que tem disponível na geladeira. As farinhas sem glúten utilizadas podem variar também de acordo com o que você tiver disponível em casa. Qualquer farinha sem glúten é perfeita para esta receita. Basta seguir as quantidades e modo de preparo.





Use a cobertura que preferir, molho, legumes, ervas frescas e secas, temperos.  Eu aproveitei uma sobra de pasta de berinjela que tinha e fiz a base da cobertura da pizza. Você pode usar apenas molho de tomates e colocar os ingredientes da cobertura sobre o molho. A pasta de berinjela é apenas uma sugestão.


INGREDIENTES PARA A MASSA

6 colheres de sopa de farinha de tapioca (ou polvilho)
10 colheres de sopa de farinha de grão de bico (ou outra sem glúten de sua preferencia)
1 colher de chá de fermento em pó (fermento de bolo)
1/2 xicara de agua em temperatura ambiente
1 colher de sopa de óleo vegetal
pimenta preta moída na hora (opcional, apenas para perfumar a massa)
1 colher de chá de sal (ou a seu gosto)

PREPARO

Em uma bacia misture todos os ingredientes secos e adicione a agua aos poucos mexendo sempre. Por último coloque o óleo e misture bem. O resultado deve ser uma massa encorpada porem maleável para que você possa espalhar na forma.

Unte uma forma de pizza, coloque a massa no meio e espalhe com as mãos molhadas ou então com uma colher. Tem que molhar senão a massa gruda. Eu fiz com as mãos e fui molhando quando necessário para poder espalhar a massa com mais facilidade na forma.

Leve a massa para assar em forno pré-aquecido em temperatura de 200C. Enquanto isto prepare os ingredientes para a cobertura.


INGREDIENTES PARA A COBERTURA


1 tomate bem maduro
1/2 xicara de cogumelos previamente refogados
1/2 xicara de pasta de berinjela (opcional) *
pedaços de tofu amassados ou outro queijo vegano
orégano seco na quantidade desejada
pimenta do reino moída na hora
páprica defumada em flocos (opcional)
folhas de orégano fresco (ou manjerona)

PARA A PASTA DE BERINGELA

Assei uma berinjela no forno com casca apenas fazendo furinhos espalhados pela berinjela e coloquei em uma forma untada com óleo vegetal. Assei ate ficar bem macia.Depois disto eu deixei esfriar e cortei em pedaços grandes mantendo a casca. Bati no liquidificador com sal, pimenta, caldo de limão e uma colher de sopa de azeite de oliva. Pronto, ficou sensacional.... Sobrou um pouco e eu usei para a pizza....   fica a dica, mas isto é opcional, você pode usar a cobertura que preferir.

Leve o tomate ao liquidificador apenas com uma pitada de sal e um fiozinho de óleo. Bata bem até obter um creme uniforme.

Quando a massa estiver pré-assada, mais ou menos uns 10 ou 15 minutos de forno, retire e espalhe este molho de tomates sobre a massa. Moa pimenta espalhando sobre o molho e salpique um pouco de páprica defumada se for utilizar. Leve ao forno novamente e deixe por uns 5 minutos. Então retire novamente do forno e coloque o restante dos ingredientes com exceção das ervas frescas que deverão ser colocadas antes de servir. Espalhe a pasta de berinjela sobre o molho de tomates, coloque as fatias de cogumelos e os pedacinhos de tofu esmagados. Espalhe orégano seco, um pouco de pimenta moída (opcional) e leve ao forno novamente por mais ou menos 5 minutos, ou ate que a os ingredientes da cobertura estejam douradinhos. Retire do forno e coloque as folhas de orégano fresco ou manjerona. Pronto, agora e só saborear esta delicia.


FONTE: http://blog.veganana.com.br/2013/05/pizza-de-tofu-e-cogumelos-sem-gluten.html

domingo, 16 de novembro de 2014

Onde comer bem - restaurantes naturais do Rio de Janeiro


BARDANA - Praça Ana Amélia, 09 - sobreloja - Centro - Tel: 22929232 - bardananatural.com.br

BETERRABA - Rua da Alfândega, 25 - Centro

BIOCARIOCA - Rua Xavier a Silveira 28 - Copacabana - Tel: 22364125 - www.biocarioca.com.br

CAMINHO DO MAR - Estrada do Pontal 3091 - Recreio dos Bandeirantes - Tel: 41044719

CHÁ PROVINCIAL - Estrada de Jacarepaguá 7655, loja 122 - chaprovincialcursos@gmail.com

CHÁCARA VEGANA - Rua Hans Staden, 30 - Botafogo - Tel: 987997078

FONTES - Rua Visconde de Pirajá, 605 - lojas D e F - Tel:25125900 - www.fontesipanema.com.br

GOURANGA VEGGIE - Av. Gomes Freire, 625 - Centro - Tel: 22526052 - gourangaveggie.com.br

POMAR ORGÂNICO - Estrada da Barra 1.600 (Espaço Itanhangá) - Tel: 24946745

PRANA - Rua Ererê, 11-D (Praça São Judas Tadeu) - Cosme Velho - Tel: 22457643 - www.pranavegetariano.com

REFEITÓRIO ORGÂNICO - Rua Dezenove de Fevereiro, 120 - Botafogo - Tel: 25370750 - www.refeitorioorganico.com.br

REINO VEGETAL - Rua Luiz de Camões, 98 - Centro - Tel: 39030322

RIO VEGETARIANO - Rua Voluntários da Pátria 448, loja 83/84 - Cobal Botafogo - Tel: 25277558

TEMPEH - Rua Primeiro de Março, 24 - sobreloja - Tel: 22328007
restaurantetempeh.com.br

VEGAN VEGAN - Rua Voluntários da Pátria, 402 - loja B - Botafogo - Tel: 22867078 - www.veganvegan.com.br

VEGETARIANO SOCIAL CLUBE - Rua Conde Bernardotte, 26 loja L - Leblon - Tel: 22945200 www.vegetarianosocialclube.com.br

VEGGIE GOVINDA - Rua São José 86 - Centro - Tel: 25442636


Fontes:
http://svbrio.blogspot.com.br/2012/07/lista-svb-rio-de-restaurantes_19.html
revista Veja Comer & Beber Rio 2014/2015



quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Bolinho de arroz diferente





duas xícaras de arroz cozido
1 xícara de batata cozida e amassada
1 xícara de couve-flor e brócolis cozidos e batidos (na própria água que cozinhou)
duas colheres de azeite
4 conheres de sopa de farinha sem gluten
temperos a gosto
sal a gosto

Amasse tudo em uma vasilha até ter consistência para fazer bolinhos.

Frite em frigideira de cerâmica, pois não precisa usar óleo e fica sequinho. Quando dourar de um lado vire do outro e deixe dourar também.

Sirva quente. Rende em torno de 12 a 15 unidades.

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

SUCO VERDE

Por que beber um suco com couve? Simples. Por que ela faz um bem danado ao nosso organismo. É antiinflamatória, cicatrizante e ajuda a fixar o cálcio nos ossos. Isso sem mencionar os benefícios estéticos. 

A couve é ótima no combate à celulite, desintoxica, e também ajuda a eliminar a gordura. 

o segredo desta receita é o gengibre. Esta especiaria ardidinha é considerada um alimento termogênico. Ou seja, algumas pitadas bastam para acelerar o metabolismo. Sendo assim, o suco verde com gengibre é uma ótima pedida para quem busca perder algumas calorias.




Ingredientes

2 laranjas

3 folhas de couve

1 gengibre

1 litro de água



Modo de fazer

Descasque as laranjas.

Corte-as em pedaços e tire as sementes.

Coloque no liquidificador.

Junte as folhas de couve bem lavadas e com talo.

Arescente um pedacinho de gengibre.

Complete com o litro de água.

Bata tudo. Depois, coe, acrescente açúcar demerara ou calda de agave a seu gosto e sirva gelado.


Fonte: http://luciliadiniz.com/suco-de-couve/

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Alimentação para a pele e corpo

Emagrecimento: Opte pela ingestão de alimentos que aceleram o metabolismo, como chá verde, gengibre, canela, óleo de coco extra virgem, pimenta vermelha, orégano, cúrcuma (açafrão).
Melhora da celulite: Diminua o sal, o açúcar, a ingestão de carboidratos complexos (integrais), e de alimentos que causam inflamação no organismo como o glúten. Aumente a ingestão de chás diuréticos, como cavalinha, e alimentos ricos em silício, como alfafa, broto de bambu, aveia, pepino, cavalinha, rabanete e espinafre.
Acne: Prefira alimentos cicatrizantes e anti-inflamatórios, como ômega 3, rabanetes, cúrcuma (açafrão), azeite de oliva extra virgem, cerejas e abacate.
Envelhecimento cutâneo: Para prevenir, opte pela ingestão de proteínas, alimentos ricos em antioxidantes, como o resveratrol, presente no suco de uva integral, chá verde, goji berry e frutas vermelhas.
Unhas e cabelos: Alimentos ricos em zinco, como grãos integrais e  nozes; e em magnésio, como carambola, melão e abacaxi ajudam a fortalecê-los.

domingo, 2 de novembro de 2014

Suco de Babosa ou Aloe Vera

O suco de Babosa ou Aloe vera 



Para que serve o suco de babosa

O suco de babosa serve para:
  • doenças e problemas de pele.
  • limpar o intestino, combatendo a prisão de ventre;
  • tratar a dor de estômago e a gastrite;
  • tratar o câncer;
  • tratar dores em geral;
  • qualquer tipo de inflamação como tendinite, artrite, bursite, picada de insetos e outros;
  • cicatrização de feridas;
  • promove o crescimento de novas células da pele;
  • conferir mais energia;
  • inibe a ação de bactérias como salmonela e estafilococos, por exemplo.
É muito benéfico na desintoxicação do corpo e do sangue. Pode ajudar na cura daqueles que têm problemas do estômago como úlceras ou síndrome do intestino irritável.


Como fazer:

Compre uma folha de babosa, com uma faca corte as beiradas/laterais com pontas (ou espinhos), lave bem e retire a casca (você pode corta a folha em pedaços grandes para facilitar a retirada da casca). Depois corte em pedaços e coloque no liquidificador. Acrescente água gelada filtrada, 1/2 limão pequeno com casca e tudo e o suco de 1 laranja grande. Acrescente açúcar demerara ou calda de agave azul (ou outro açúcar de sua preferência) e bata tudo no liquidificador. Coloque o coador em uma jarra para sucos e coe. lave o copo do liquidificador, acrescente mais água e 2 copos do suco já coado. Bata novamente para não ficar tão grosso e misture ao restante do suco. Depois veja se está bom de açúcar para o seu gosto e está pronto para beber. Rende 1,5 a 2 litros dependendo se você quiser mais forte ou mais fraco. Saboroso, refrescante e nutritivo! Beba gelado.

Contraindicações da babosa

O uso interno da babosa está contraindicado para crianças, grávidas e durante a amamentação, assim como em pacientes com inflamações no útero ou ovários, hemorroidas, fissuras anais, pedras na bexiga, varizes, apendicite, prostatite, cistite, desinterias e nefrite.
Fontes: 


sábado, 1 de novembro de 2014

Receitas de cascas de frutas

Pão de Casca de Banana

Ingredientes

- 6 bananas com casca
- 1 xícara (chá) de água morna
- 1 xícara (chá) de leite de arroz ou de amendoas
- ½ xícara (chá) de óleo
- 1 colher de sopa de óleo de palma
- 30 gramas de fermento fresco
- ½ kg de farinha de trigo sem gluten
- ½ pitada de sal
- 1 colher (sopa) de açúcar demerara

Modo de Preparo
Bater as cascas de bananas e a água morna no liquidificador. Juntar o óleo, o leite  de arroz ou amendoas, o oleo de palma e o fermento e bater mais um pouco. Acrescentar a farinha e o açúcar e misture. Por último, acrescente o sal e coloque na massa as bananas em rodelas. Colocar a massa em uma forma untada com margarina e farinha de trigo sem gluten. Deixar crescer até dobrar de volume e levar para assar em forno pré-aquecido.
Maracujá
Com uma quantidade pequena de calorias, o maracujá é pedida certa para a saúde. A fruta da paixão ainda possui vários nutrientes em partes normalmente não comestíveis como a sua casca, que pode render várias receitas. Confira: em 100 g de casca de maracujá, temos 41,56 kcal, 9,12 g de carboidratos, 0,91 g de proteínas, 0,16 g de gordura e 1,56 g de fibras.

Doce de Casca de Maracujá

Ingredientes
- cascas bem lavadas de 6 maracujás firmes
- 2 xícaras (chá) de açúcar light
- ½ xícara (chá) de suco de maracujá
- 3 xícaras (chá) de água
- 2 pauzinhos de canela

Modo de Preparo
Corte os maracujás ao meio, retire a polpa e descasque deixando toda a parte branca. Depois de lavadas, cubra as cascas com água e deixe de molho de um dia para o outro. Escorra e coloque numa panela. Junte o açúcar light, a água, o suco de maracujá e a canela. Leve ao fogo e cozinhe tudo até que se forme uma calda meio grossa.



quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Conheça diferentes maneiras de reaproveitar sobras e cascas de frutas e vegetais




Cascas podem ser usadas em casa, na comida ou como produto de beleza

Após as refeições, a grande maioria das pessoas joga fora o que sobrou da comida. Isso acontece também após o consumo de frutas e demais vegetais. Mas já está se popularizando a ideia de que esses resíduos aparentemente inúteis podem ser aproveitados de diversas maneiras.

Há preconceitos. Muitos não apreciam o gosto ou a textura das cascas, sem contar que elas têm uma taxa maior de agrotóxicos. Mas ao mesmo tempo, eles têm nutrientes e fibras que são passíveis de reaproveitamento. Independentemente das opiniões, que podem variar, cascas de cítricos, batata, abacate sem o caroço e até mesmo as cascas dos queijos podem ser reaproveitadas. Todos esses alimentos podem ser reaproveitados de três modos: na casa, na comida ou como produto de beleza.

Aqui, mostraremos diferentes maneiras de se reaproveitar esses alimentos. Se por acaso você não tiver tempo ou ajuda para fazer os produtos e aplicá-los ao novo fim, não tem problema, pois a maioria deles pode ser congelada para uso posterior. Vamos às receitas:

Casa

1. Limpeza de gordura: antes de usar os produtos considerados tóxicos, como detergentes, na cozinha, experimente o limão. Aplique, na área afetada pela gordura, os seguintes ingredientes: sal e bicarbonato de sódio. Então introduza limão espremido. Só tome cuidado para não utilizar a mistura em superfícies sensíveis, como as feitas de mármore. Atente também para, após a limpeza, lavar bem as mãos para que resíduos do limão não remanesçam em sua pele, pois o contato com o sol pode provocar queimaduras;

2. Limpeza interna de chaleira: sabe quando a parte interna da chaleira fica muito escura? Para limpar, encha-a com água e um punhado de cascas de limão e ponha-a para ferver. Assim que começar a borbulhar, desligue o fogo e deixe descansar por uma hora. Na sequência, é só escorrer e lavar bem;

3. Tecido corante: apesar de a fruta não ser tão comum no Brasil, cascas de romã são ótimos corantes vermelhos de tecido. Basta encher com água quente uma grande panela de aço inoxidável, adicionar cascas de romã e deixar em descanso durante a noite. Ferva a água com as cascas no dia seguinte e, em seguida, remova as cascas e adicione o tecido que você quer tingir de vermelho, mas ele precisa estar molhado. Ferva a roupa por uma hora e deixe-a esfriando durante mais uma noite. Remova-a da panela no dia seguinte, enxague em água fria e a partir daí lave-a com roupas de cores semelhantes;

4. Espante os mosquitos: Use em um daqueles velhos aparelhos repelentes de insetos que são ligados na tomada e substitua o tablete convencional por um pedaço de casca de laranja ou por alguma outra fruta cítrica qualquer;

Comida

5. Congele raspadinhas: se você fez um suco de limão, laranja ou de alguma outra fruta cítrica e as cascas sobraram, você pode ralá-las com um ralador e acondicioná-las no freezer em um recipiente adequado. Quando você tiver vontade, é só retirar as raspas do freezer e fazer sua raspadinha.

6. Azeite cítrico: triture cascas de frutas cítricas com um pilão (em um vaso de metal ou de madeira) com um pouco de azeite. Coloque em um frasco com mais azeite e deixe descansando por seis horas. Depois desse período, acondicione em um recipiente limpo para uso em sua salada;

7. Fazer batatas fritas: misture cascas de batata com bastante suco de limão e azeite. Espalhe as cascas de batata em camadas em uma assadeira e leve ao forno na temperatura de 400 graus, mexendo de vez em quando até dourar (cerca de dez minutos). Tempere a gosto;

8. Faça uma sopa: Ferva cascas de batata, de cebola, de cenoura, além de alho poró e de outros vegetais a gosto para fazer uma bela sopa. Salsinha e cebolinha também vão bem nesse caldo;

9. “Algo a mais” na sopa ou no caldo verde: folhas e algumas cascas de legumes podem ser acrescentadas a sopas ou caldos para dar um toque especial no sabor e na textura; Ainda pode se fazer uma sopa de casca de legumes, depois bater no liquidificador e coar para servir.

Beleza

10. Esfoliação de banana com açúcar: coloque açúcar na casca da banana e esfregue-a suavemente no corpo. Depois, basta enxaguar no banho;

11. Alívio para os olhos: Cascas de batata pode reduzir o inchaço ao redor dos olhos; pressione o lado húmido das cascas frescas para a pele durante 15 minutos. O uso dessa maneira também pode ajudar a aliviar sintomas da acne;

12. Hidratar: esfregue a parte com mais poupa da casca de um abacate em seu rosto e você terá um hidratante muito eficiente.

terça-feira, 28 de outubro de 2014

POR QUE BEBER ÁGUA?



Água: elemento vital

A água é a substância mais abundante do corpo humano. Ela é um componente essencial de todos os tecidos do organismo. Apesar de não conter nenhuma caloria ou outros nutrientes, sem a água o corpo humano só continuaria funcionando por poucos dias. A perda de 20% de água corpórea pode causar a morte e uma perda de apenas 10% causa distúrbios graves.

Com o envelhecimento, o corpo começa a ressecar cada vez mais. Por exemplo, o corpo de um bebê recém nascido consiste em 75 a 80% de água, contra apenas 50% no caso de um corpo adulto com 60 a 70 anos. Este processo de ressecamento se reflete em pele enrugada, fluxo reduzido de sangue e juntas mais endurecidas.

Necessidades diárias

O corpo humano perde água de várias formas. Através dos rins em forma de urina, como parte das fezes, através do processo de respiração e através da transpiração (suor). Podemos verificar que a ingestão de água está insuficiente simplesmente observando nossa urina. Quando isso ocorre, os rins tentam compensar conservando a água e, portanto excretam uma urina mais concentrada, com coloração amarelo mais acentuado. Um baixo consumo crônico de água aumenta o risco de cálculos (pedras) renais ou cálculos na bexiga

A quantidade de água perdida a cada 24h deve ser reposta para manter a saúde e a eficiência do organismo. Em geral, adultos devem consumir 35mL/Kg de peso, crianças 50 a 60mL/Kg de peso e lactentes 150mL/Kg peso. Isto quer dizer que se uma pessoa pesa 70Kg ela deverá ingerir diariamente cerca de 2,5L de água. Sucos, refrigerantes, chá, café e os alimentos contém água. Mas a pessoa deve dar preferência à água pura.

Fatores que aumentam as necessidades de água

É necessário consumir mais água quando está calor, durante exercícios físicos, no caso de febres, resfriados e outras doenças. É necessário ingerir maior quantidade de água também durante a gravidez, tendo em vista a formação do líquido amniótico e o aumento no volume de sangue, e também para atender as necessidades do feto em desenvolvimento. Da mesma forma, mães com filhos que mamam no peito precisam aumentar a ingestão de líquidos para produzir leite, que contém 87% de água.

Tipos de água engarrafada encontrados no mercado

• Água potável: é vendida no mercado em garrafões, sendo retirada de qualquer fonte aprovada (rios, reservatórios, água encanada). Em seguida é filtrada e desinfetada e o conteúdo mineral pode ser ajustado.
• Água mineral: contém no mínimo 500mg de minerais por litro
• Água com gás: contém dióxido de carbono para ficar borbulhante. Existem águas gaseificadas naturais que já vêm nesse estado da própria fonte
• Água termal: é retirada de fontes naturais.
Concluindo, a água é o mais abundante e o mais barato de todos os líquidos existentes para matar nossa sede. Ela é importante para todos os processos vitais do nosso corpo e deve ser ingerida diariamente.

Beba oito copos de água por dia

O ideal é que se beba pelo menos 8 copos por dia, nunca junto com as refeições. Dessa forma, seu corpo estará sempre hidratado, sua pele ficará mais macia e elástica.

CINCO MOTIVOS PARA VOCÊ BEBER MUITA ÁGUA

1 – Diminuir retenção hídrica
2 – Aumentar tamanho dos músculos
3 – Manter a saúde da pele
4 – Controlar a fome
5 – Matar a sede


Fontes: 

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

AUTOPERCEPÇÃO





Buscar uma alimentação saudável requer reflexão sobre os hábitos diários  e as situações que nos levam a consumir determinados produtos que notoriamente fazem mal à nossa saúde. A autopercepção é essencial neste processo. Questione-se! Ao sentir desejo de comer algo, por força do hábito, pergunte a si mesmo se é fome ou desejo, perceba se você não está com sede. Beba um copo de água e faça a melhor escolha para você no quesito "O que comer?". Dessa forma, você estará contribuindo para sua saúde hoje e no futuro. 

Para que possamos ter uma alimentação saudável, é essencial que possamos incluir alimentos naturais à nossa mesa, mas também é importante retirar o consumo de tudo o que você já sabe que te faz mal. Cuidado com as contradições alimentares, pois elas podem ser bem prejudiciais. 

Além disso, a autopercepção pode contribuir para que você analise seu humor, suas emoções e busque alimentos e atividades que contribuam para o equilíbrio e uma possível mudança, quando esta é necessária. 

Ao levantar, pergunte a si mesmo "como estou me sentindo?" Faça esta pergunta pelo menos 3 x por dia e perceba como você se sente, o que pode fazer para se sentir melhor e não utilize os alimentos como forma de compensação e maximização do prazer. Busque  práticas saudáveis que contribuam para que você se sinta bem consigo mesmo. Isso é uma questão de investimento, de escolhas que, com certeza terão consequências positivas! 

Não seja vítima das circunstâncias e nem de situações. Você pode assumir o gerenciamento da sua vida e ser feliz do seu jeito, cuidando de si mesmo e sendo a mudança que você quer na sua vida! para isso: perceba-se, avalie seu estado emocional, seu corpo e seus desejos e faça escolhas que sejam positivas para você!

O investimento em você mesmo é o único que terá resultados positivos no futuro e, este, começa hoje!


quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Remédios caseiros para o nervosismo






Muitos alimentos e bebidas são considerados como “antinervos”. Alguns deles são:

Beber uma xícara de suco de laranja com duas colheradas de mel e uma de noz moscada.
Ralar duas cebolas e misturar com duas xícaras de aipo picado. Comer como salada junto com outros ingredientes.

Embeber umas 15 amêndoas em água por toda a noite. Descascá-las e fazer uma pasta com uma colher de noz moscada e uma pitada de gengibre. Ingerir antes de ir dormir.

Consumir alface em saladas, junto com azeite de oliva, principalmente para o jantar. Muitos consomem também o suco de alface, fervendo algumas folhas.



Ervas e plantas para o nervosismo

Ginseng: atacam a depressão e reduzem o estresse. Reforça de maneira natural o sistema nervoso.

Erva de São João ou Hipérico: é um tônico reparador do sistema nervoso, sendo útil para os tratamentos para depressão. Consumir uma colher de flores trituradas duas vezes por dia.

Borragem: serve para equilibrar o excesso de hormônios que são produzidos pelo estresse. Beber uma infusão realizada com uma colher de folhas secas por xícara de água.

Valeriana: uma das mais conhecidas ervas para os nervos, assim como também para reduzir palpitações, espasmos, insônia e estresse. Beber uma infusão de 15 g da raiz da planta diariamente.

Ulmária: seu aroma possui propriedades sedativas e calmantes para os nervos. Beber um chá com duas colheres de sua flor por xícara de água depois das refeições.

Cardamomo: é utilizado para diferentes estados nervosos. É colocado no chá ou em sobremesas. Também é utilizado para o café, este não é recomendado para aqueles que sofrem com o nervosismo.

Boldo: possui efeitos sedativos e calmantes. Beber uma infusão com 2,5 g de folhas secas por 100 mL de água, antes de ir dormir.

Alfavaca: tranquiliza e reforça o sistema nervoso. Beber uma infusão de uma colher de folhas secas por xícara de água, depois das refeições principais.

Passiflora (ou flor de maracujá): ideal para os casos de insônia e para acalmar os nervos por exigências do trabalho, provas, etc. beber duas xícaras por dia de uma infusão feita com algumas colheres da planta seca e meio litro de água.

Melissa: excelente para as alterações do sistema nervoso. Beber uma xícara feita com um punhado de folhas secas e água fervendo, três vezes por dia.

Manjerona: possui efeito sedativo, por isso é utilizado para o estresse, o nervosismo e a insônia. Beber três xícaras por dia de chá, cada uma feita com 5 g de folhas secas e água fervendo.

Tratamento e prevenção do nervosismo

Além de aproveitar as virtudes dos remédios caseiros para o nervosismo, é bom também realizar atividades relaxantes, como tomar um banho de imersão, tomar um tempo para descansar de tudo e de todos, praticar yoga ou fazer meditação. Ou simplesmente, sentar na grama com os olhos fechados e prestar atenção unicamente à respiração. Ler um livro de autoajuda, desfrutar de uma sessão de massagens, escutar música instrumental ou o som do mar, beber um chá ou olhar pela janela quando estiver chovendo, podem ser atividades relaxantes. Muitos proprietários de gatos indicam que sentar ao sofá com sua mascote no colo serve para acalmar os nervos e as preocupações (graças aos seus ronronados).

Aproveita as vantagens da aromaterapia para acalmar os nervos. A fragrância do óleo essencial de laranja é muito boa. Inale o vapor de água fervida com umas gotas do óleo. Também são bons os extratos de onagra, lavanda, melissa e flor de maracujá.

As ações preventivas para os nervos são a chave para evitar episódios graves.  O melhor o que você pode fazer é averiguar o que está causando essa sensação ou situação. Pensar em uma solução possível e se não existe nenhuma, então, deixar de se preocupar. Para poder se dar conta do inconveniente é preciso que a mente esteja livre, descansada e relaxada. Lembre-se que os nervos são uma resposta natural do corpo que indica que algo não está bem. Escute e observe os sinais que o organismo te dá.

Fonte: http://melhorcomsaude.com/remedios-caseiros-para-o-nervosismo/

terça-feira, 21 de outubro de 2014

PORQUE COMER DE 3 EM 3 HORAS

O texto está em português de Portugal, mas é de fácil leitura e vale a pena!



Um dia tem 24 horas, se dormirmos 8 horas, sobram-nos 16 horas, para estarmos acordados durante o dia. Estudos recentes dizem-nos que: são necessárias em média 3 horas para o nosso organismo digerir cada refeição, e que os aminoácidos duram cerca de 3 horas na corrente sanguínea. Vamos fazer as contas: 6 refeições ao longo de 16 horas dá 2.7 horas, e 5 refeições ao longo de 16 horas dá 3.2 horas. Por isso a média tem de ser, cada refeição de 3 em 3 horas.

Fazer refeições de duas em duas horas, não está incorreto. Se por qualquer razão passado 2 horas já tiver fome, então coma, o importante é que não tenha fome. Às vezes também devido aos nossos horários temos mesmo que comer com distância de 2 horas da refeição anterior, para evitar ficar mais que 3 horas sem comer. Não tem que ficar preso as 3 horas entre refeições, podes comer passado 2 horas e meia da tua última refeição por exemplo, o importante é que não fiques mais que 3 horas sem comer.

7 razões porque deves comer de 3 em 3 horas:

Aumenta o teu metabolismo. Metabolismo é a quantidade de calorias que queimamos por dia. Se o nosso metabolismo for baixo, queimamos poucas calorias, se for alto queimamos muitas calorias. Então porque razão comer de 3 em 3 horas aumenta o teu metabolismo? Porque, cada vez que ingeres um alimento, o teu organismo terá de gastar energia para o digerir. Por essa razão cada vez que comes estás a queimar calorias.

Evita ataques de fome, isto porque quando ficas muitas horas sem comer, ficas cheio de fome, e a única coisa que queres fazer é comer, sem te importares se é comida saudável ou não. O que muitas vezes acontece é que acabas por comer doces ou comidas com muita gordura (que é o que geralmente grande parte dos cafés e bares tem para te vender).

Mantém os teus níveis de energia altos. No caso das pessoas que ficam muitas horas sem comer (como exemplo: caso muito comum de comer 3 vezes ao dia - pequeno almoço, almoço e jantar) , elas verificam muitas vezes situações de moleza e cansaço. Isto acontece porque os seus corpos ficaram privados de energia durante muito tempo. A importância da alimentação no nosso corpo   funciona mais ou menos como a importância do combustível para o automóvel, se não lhe damos combustível ele não anda e se lhe pomos um bom combustível ele fica mais potente. Por essa razão, para nos sentirmos com mais energia no nosso dia-a-dia, é importante comermos de 3 em 3 horas e dar ênfase a comida saudável. 

Evita a destruição dos músculos. O nosso corpo precisa de estar constantemente a receber aminoácidos (blocos construtores das proteínas), ou provenientes da alimentação ou dos nossos músculos.  Quando se come de 3 em 3 horas, o organismo está constantemente a receber nutrientes (aminoácidos) para os músculos, mantendo assim a nossa massa muscular. Ficando muitas horas sem comer o nosso organismo fica privado de receber os aminoácidos dos alimentos, então vai buscá-los aos nossos músculos, o nosso organismo entra assim no estado de catabolismo, ou seja, destruição muscular. As consequências que advêm disso são: um corpo flácido e um metabolismo baixo.

Melhor utilização dos nutrientes por parte do organismo. Ao alimentar constantemente o nosso corpo, provocamos um fluxo constante de nutrientes em doses mais pequenas no nosso organismo, comparando por exemplo com o programa habitual de 3 refeições ao dia. Isto porque desta forma (fazer 3 refeições ao dia) cada vez que comemos, comemos em exagero (devido a grande fome que temos), e consumimos mais energia do que a que precisamos, então como tal o organismo vai armazená-los. Essa energia a mais vai ser armazenada sobre a forma de gordura. Se comermos mais regularmente ao longo do dia, isso já não acontece.

Diminui a armazenamento de gordura. Comer de 3 em 3 horas vai evitar que o teu corpo desencadeie o mecanismo de sobrevivência, que vai provocar armazenamento de gordura. Para além disso comer frequentemente, faz diminuir a quantidade de calorias que se consome em cada uma das refeições, fazendo com que o organismo utilize toda a comida como energia, para continuar o dia, ao contrário do que acontece quando comemos poucas vezes ao dia. Quando ficamos muitas horas sem comer, depois temos tendência a comer mais do que o nosso corpo precisa, então o nosso organismo vai armazenar parte dessa comida sobre a forma de gordura, para quando mais tarde precisar.

5 TRUQUES PARA CONSEGUIRES COMER DE 3 EM 3 HORAS

1. Pensa como vai ser o teu dia de amanhã e onde vais estar: Prepara o teu dia de amanhã e assim não terás de ficar mais de 3 horas sem comer, ou sentir-te na necessidade de ir ao bar mais perto e fazer más opções. Basta só te levantares 5 a 10 minutos mais cedo e prepara todas as refeições para o teu dia (meio da manhã, almoço, meio da tarde 1 e meio da tarde 2)

2. Marca uma hora para cada refeição e cumpre: Assim já consegues orientar o teu dia face as horas das tuas refeições e dificilmente as saltas. Chegando a hora marcada, deixas o que estás a fazer e vais comer. Se for necessário coloca um alarme no teu telefone para te lembrares que está na hora de comer.

3. Cozinha a tua comida na noite anterior para o dia seguinte: Não é difícil fazer isto. Quando estás a fazer o Jantar, guarda já uma parte para o teu almoço de amanhã. E prepara depois as pequenas refeições para o dia. Estas são mais simples porque podem por exemplo ser só uma torrada integral, com uma fatia de fiambre de peru com uma maça, ou um iogurte magro com uma sandes de pão de centeio com uma ou duas fatias de fiambre magro (peru ou frango) e uma ou duas fatias de queijo fresco magro.

4. Cozinha em grandes quantidades: Outra forma de poupares imenso tempo, é cozinhares em grandes quantidades para 3 a 4 dias. Coloca a comida no frigorífico ou até mesmo no congelador, para se manter fresca e não se estragar. Com esta táctica, só precisas de reservar dois dias na tua semana para cozinhar. Um deles pode ser o Domingo e outro a meio da semana.

5. Prepara as tuas refeições quando vais viajar: Existem muitas pessoas que por motivos profissionais, passam muito tempo a andar de carro ou de avião e como tal acabam muitas vezes por saltar refeições ou comer “porcaria”. De facto isso não é desculpa para não nos alimentarmos bem. Nesses casos, quando sabemos que no próximo dia vamos estar muitas horas em viagem, preparamos as nossas refeições para comer em viagem. Um exemplo de um almoço ou jantar saudável, fácil de preparar, transportar e comer é: uma sandes de pão integral ou centeio com bocados de frango desfiados, claras de ovo cozidas, umas folhas de alface e uma maça para a sobremesa. Esta é uma refeição simples e bastante nutritiva.

Para poderes levar todas as refeições contigo utiliza pequenas lancheiras para colocares a comida.  Para evitar que os alimentos se estraguem e para os manter frescos, coloca-os no frigorífico do teu local de trabalho. Se não tiveres frigorifico, poderás colocá-los em pequenos sacos ou bolsas térmicas com um acumulador térmico, para manter os alimentos frescos. Desta forma consegues comer melhor por muito mais barato.

Fonte: Pesocerto

Proteja sua Próstata com Remédios Naturais


Chá Verde

Este poderoso chá, que tem propriedades desintoxicantes e auxilia no emagrecimento, também age na próstata, mantendo seu funcionamento normal. Isto se deve às propriedades anti-inflamatórias do produto, que evita inchaços no órgão.

Raiz de gengibre
Mais um produto emagrecedor que também faz maravilhas contra os problemas de próstata e serve como proteção. Você pode ralar um pouco de raiz de gengibre e fazer um chá, que poderá ser adoçado com mel. O benefício é o mesmo do chá verde: a raiz de gengibre funciona como agente anti-inflamatório.

Sementes de abóbora e girassol

Muito se fala que as sementes são boas para nosso organismo. Elas também são benéficas para a proteção da próstata. Sua propriedade antioxidante contribui para o bom funcionamento do órgão e você pode inclui-las em saladas ou outros alimentos, como preferir. As sementes de abóbora e girassol agem também em quem já possui problemas prostáticos.

Outros tipos de chás
Já citamos o chá verde para a proteção da próstata, mas existem outros tipos de chás que agem nos problemas prostáticos, especialmente em quem já possui a doença.

As borragens são boas para eliminar a dor e a inflamação em quem sofre de doenças prostáticas. O chá é feito com a infusão da planta com água, fervendo a mistura por dez minutos e bebendo-a em seguida.

O castanheiro-da-índia, a bétula, a cavalinha, o dente-de-leão e a Serenoa repens também são excelentes plantas medicinais para auxiliar no tratamento da próstata. A infusão destas ervas com chá deve ser bebida de duas a três vezes ao dia. Você também pode fazer uma mistura entre elas para potencializar o efeito.

Banhos de água quente

Nada melhor do que um banho quente para aliviar os sintomas de próstata aumentada. Encha uma banheira com água quente até cobrir a barriga e fique dentro da água por vinte minutos. O calor irá alivia a inflamação, a dor e a dificuldade de urinar. Para obter mais benefícios ainda, coloque cavalinha dentro da água. Ela vai aumentar o poder de desinflamação. Você pode tomar até três banhos por dia desta forma.

Alimentos para Proteger sua Próstata

Que tal proteger e melhorar o funcionamento de sua próstata ao mesmo tempo que se alimenta de forma saudável? Alguns alimentos, se incluídos em seu cardápio diário, agem tanto na proteção quanto na melhora dos tratamentos de próstata.

Para a prevenção do câncer de próstata, consuma soja. Só para você ter uma noção, na Ásia o consumo do produto é elevado e, como consequência, as taxas deste câncer nos habitantes é bem baixa. Brotos de soja ou de alfafa também são excelentes para a próstata, assim como gérmen de trigo, tomate, abóbora e todos os tipos de couve.

Se você é daqueles que gostam de alho, uma boa notícia: ele é uma excelente proteção natural contra inflamações de próstata. Coma logo de manhã, em jejum, um dente de alho cru. Você pode consumi-lo com água, sem mastigar, como se fosse uma pastilha, ou com salsa, para diminuir o sabor intenso.

Frutas diuréticas

Como você pode perceber, existem inúmeros remédios naturais para a proteção da próstata. Agora é a vez das frutas diuréticas, que ajudam a eliminar impurezas e auxiliam na diminuição da retenção de líquidos, aliviando desconfortos. Exemplos deste tipo de frutas são melão, melancia e abacaxi.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Alimentação natural para cabelos fortes e saudáveis



Para manter os cabelos saudáveis, o ideal é uma alimentação adequada que contenha tudo o que promove a beleza, força e crescimento dos cabelos! Para isso é importante consumir ferro e nutrientes que contenham aminoácidos e vitaminas importantes.


Vitamina A - Promove crescimento saudável dos cabelos e impede que o cabelo fique seco e quebradiço e que sua pele torne-se áspera. Está presente no betacaroteno: cenoura, couve comum (ou ainda galena ou manteiga), repolho crespo, batata doce, nabo verde cru, folha de mostarda crua, folha de espinafre crua, abóbora de inverno, alface de folha verde ou vermelha crua, salsa desidratada, manjericão desidratado, manjerona desidratada.

B3 (Niacina) – Pode ajudar a aumentar a circulação do couro cabeludo. Fontes naturais: Vegetais de folhas verdes; Cogumelos; Amendoins;Farelo de arroz; dentre outros. 

B5 (ácido pantotênico) – O ácido pantotênico é considerado a melhor vitamina para queda de cabelo, perda de cabelo e manutenção da  cor do cabelo. Fontes naturais: cereais integrais, legumes, brócolis, batata, tomate e abacate (dentre outros).

Vitamina B6 (piridoxina) – bom para manter a cor do cabelo, e sua deficiência pode causar a perda de cabelo. Fontes naturais: aveia, cereais em grão, arroz integral, banana, batata, leguminosas, limões, vegetais verdes,abacate, dentre outros.

Vitamina B12 (cobalamina) – A deficiência desta vitamina causa perda de cabelos. Fontes naturais: Cereais enriquecidos, soja, nori (é uma espécie de folha feita a partir de algas marinhas amplamente utilizada em pratos da culinária japonesa), leite vegetal enriquecido (se você é vegetariano ou vegano, voce pode ingerir B12 em gotas sublingual - faz na farmácia de manipulação com receita médica).

Ácido fólico – Possivelmente o mais importante de todas as vitaminas para queda de cabelo e perda de cor do cabelo. É também muito importante para a mulher (especialmente se estiver grávida). Fontes naturais: nozes, lentilha, quiabo cozido, espinafre cozido, feijão preto cozido, macarrão cozido, cereais matinais fortificados, dentre outros.

Ácido para-aminobenzóico (PABA) – Pode ajudar a devolver ao cabelo a sua cor original! Tava pensando que cabelo branco era só por causa da velhice?? Fontes naturais: cereais integrais, levedo, grãos, arroz, melaço, dentre outros.

Inositol – falta de inositol pode causar irritação da pele / eczema, problemas nos nervos e até mesmo calvície! Fontes naturais:  ervilhas, amendoim, melados, batata doce, repolho, melão, laranja, dentre outros.

Biotina (vitamina H) – biotina ajuda a metabolizar os ácidos graxos (Deficiências de ácidos graxos essenciais são associadas com a perda de cabelo, resecamento e descamação de pele). Fontes naturais:amendoim, avelã, amêndoas, aveia, acelga cozida, batata-doce, alguns vegetais: tais como couve-flor, ervilha, espinafre; frutas como: banana, morango, melancia, mamão papaia e laranja. 

Vitamina C (ácido ascórbico) – este nutriente vital ajudará outras vitaminas (por exemplo, ajuda a absorção de ferro) e é essencial para uma pele saudável, vasos sanguíneos, formação de colágeno, etc. Fontes naturais: frutas cítricas, banana, melão, a maioria das bagas (laranjas, limões e tangerinas) e abacaxi. Os vegetais incluem aspargos, brócolis e pimentão verde e vermelho . Vegetais alaranjados também são conhecidos por ter uma grande quantidade de ácido ascórbico - abóboras, batata doce e cenoura . Agrião, folhas verdes escuras e alho também são ricos em vitamina C. 

Vitamina E: Pode ajudar a prevenir cabelos brancos e queda de cabelo. Este antioxidante também promove o fluxo sanguíneo saudável, que pode ajudar a manter a circulação de sangue no couro cabeludo. Fontes naturais: a maioria dos óleos vegetais, avelãs, amêndoas, castanhas, pistache, sementes, dentre outros. 

Fonte: 
http://www.produtosdebeleza.com/alimentos-que-fazem-o-cabelo-crescer.html
http://www.maeterra.com.br/site/index.php?mact=News,cntnt01,detail,0&cntnt01articleid=121&cntnt01returnid=60
http://pt.265health.com/diet-nutrition/vitamins/1009008335.html#.VETv4fldWao
http://www.tuasaude.com/alimentos-ricos-em-vitamina-e/

domingo, 19 de outubro de 2014

SORVETE NATURAL

Sorvete de frutas congeladas: receita da Bela Gil



Ingredientes:
2 bananas d’água bem maduras
12 morangos frescos

Modo de preparo:
Descasque as bananas e coloque-as junto com os morangos no congelador (o ideal seria de um dia para o outro). Bata as frutas no liquidificador ou no processador de alimentos até virar um sorbet (o irmão do sorvete, feito à base de frutas, sem leite ou creme de leite). Sirva imediatamente.

Rendimento: 2 porções
Nível de dificuldade: Fácil

Fonte: http://gnt.globo.com/receitas/receitas/sorvete-de-frutas-congeladas-receita-da-bela-gil.htm

sábado, 18 de outubro de 2014

Enxaqueca: corte o mal pela boca




A enxaqueca é “expert” em atrapalhar o dia a dia de quem convive com ela. É uma dor latejante que geralmente fica em um lado só da cabeça e pode levar a náuseas, vômito, dor nos olhos e outras coisas.

A raiz do problema? Ninguém sabe direito, mas o que os estudos mostram é que a tal da “vida moderna” tem muita influência (estresse, ansiedade, cansaço, mudanças de clima, iluminação inadequada, alimentação ruim, álcool e por aí vai). Mas a boa notícia é que a alimentação natural pode ajudar muito nessa. Olho nas dicas!


1 - SELÊNIO NA CABEÇA: esse é um antioxidante natural que ajuda a neutralizar os radicais livres e com isso mantém o sistema nervoso funcionando direitinho. Aí não tem como a enxaqueca chegar perto (e não só ela! O selênio também ajuda a prevenir o mal de Alzheimer e de Parkinson). Então, mãos à obra: aposte nas castanhas, no farelo de trigo e na semente de girassol.


2 - LINHAÇA: UM SANTO REMÉDIO: rica em ômega 3, ela é um antiinflamatório natural que ajuda a evitar a dilatação dos vasos sanguíneos que leva à dor latejante da enxaqueca.


3 - FUJA DOS DOCES, AÇÚCAR E ÁLCOOL: o excesso deles faz a glicose do sangue despencar (é a famosa hipoglicemia). E aí é um pulo para  os vasos de sangue da cabeça se dilatarem e a enxaqueca se instalar. Prefira alimentos integrais (frutas com casca, verduras e legumes in natura, arroz integral e outros grãos); eles têm mais nutrientes e energia para o cérebro funcionar melhor.


4 - FICAR SEM COMER? NEM PENSAR!: taí um erro que muita gente comete e nem se dá conta do quanto faz mal. Ficar mais do que 3 horas sem comer pode levar à hipoglicemia (aquela que a gente comentou agora há pouco), que é um prato cheio pra enxaqueca chegar. Coma a cada 3 horas (sempre com qualidade e moderação).


5- ASPARTAME: MELHOR PASSAR LONGE: isso porque o excesso desse adoçante artificial pode levar à enxaqueca. Prefira o açúcar natural dos alimentos (como as frutas), ou opte por versões naturais de adoçantes (à base de stévia por exemplo), ou mesmo por um açúcar natural (mascavo ou mel) em pequena quantidade (só não use se tiver diabetes ou outra restrição a açúcares)


6 - APOSTE NO VERDE: espinafre, couve, agrião, rúcula... As folhas verdes escuras contêm magnésio, que dá uma ajuda na hora do fluxo de sangue correr livre, leve e solto pelo cérebro. Ele também tem ação relaxante e com isso ajuda a diminuir a dor. Amêndoas também são uma boa pedida!


7 - CHÁ DE HORTELÃ: essa erva é um santo analgésico e anti-inflamatório que ajuda a deixar a enxaqueca bem longe.

Fonte: